A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

08/06/2015 13:53

Terminais de Campo Grande não cumprem normas de segurança

Juliana Brum
Além da ausência das exigências de Segurança dos Bombeiros o terminal é temido por falta de guardas ( Foto - Marcelo Calazans)
Além da ausência das exigências de Segurança dos Bombeiros o terminal é temido por falta de guardas ( Foto - Marcelo Calazans)

O Corpo de Bombeiros vistoriou oito terminais de transporte coletivo de Campo Grande, além do ponto de integração próximo à Escola Hercules Maymone no mês de abril e constatou que nenhum deles cumprem as normas de segurança estabelecida em lei.

Segundo o coronel do Corpo de Bombeiros, Jairo Kamimura "todos os terminais de transbordo foram notificados, portanto nenhum deles atende as normas de segurança Contra Incêndio, Pânico e Outros riscos, Lei 4.335 de 10 de abril de 2013, colocando seus usuários em risco. Informo ainda que até essa data (1º de junho) não recebemos nenhuma intenção de regularização por parte dos competentes responsáveis e que vencido os prazos das Notificações, serão tomadas as medidas cabíveis (multa, interdição)", disse o coronel.

Ele destacou que os oitos terminais precisam se adequar ao Projeto de Segurança Contra Incêndio, Pânico e Outros Riscos.

A preocupação há muito atinge quem depende do transporte público. "Eu não costumo usar a ponte de integração do terminal Hercules Maymone com frequência, porque acho escuro e sempre está sem policiamento, o que dá medo. Já no terminal Júlio de Castilho me sinto um pouco mais segura. Outro ponto que incomoda é sobre a limpeza dos banheiros, no terminal Morenão os banheiros estão sempre muito sujos" destacou a estudante Ketyane Alagas Rodrigues (19 anos).

A reportagem do Campo Grande News procurou a Concessionária Guaicurus que também recebeu uma cópia da notificação do Corpo de Bombeiros, mas a assessoria destacou que é a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) responsável pela administração dos oito terminais e é ela quem deve dar um parecer.

Por nota oficial, a Agetran afirmou que já estão tomando as medidas necessárias. Após vistoria do Corpo de Bombeiros, a Agência solicitou prazo para as adequações técnicas.

"Portanto, estamos dentro do prazo determinado pelos bombeiros, fazendo projetos de prevenção e combate a incêndio. A Agetran trabalha pelas melhorias nos Terminais de Campo Grande e conta com a colaboração da população e usuários do transporte coletivo para evitar atos de vandalismos e furtos", informou o comunicado.

O pedido ao Corpo de Bombeiros partiu do vereador Eduardo Romero (PTdoB) que também afirmou que falta limpeza e segurança nos terminais vistoriados por assessores de seu gabinete.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


Se o problema nos terminais fosse só esse, tava bom né? Seria muito mais fácil a solução. O problema é que esse cartel só quer saber de lucro, mas não reverte em benefícios para a população.
 
Mariana Carvalho em 08/06/2015 14:38:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions