A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Outubro de 2019

11/06/2013 08:34

Trabalhadores da construção civil recusam proposta e paralisação continua

Aliny Mary Dias

Uma nova reunião realizada ontem (10) entre representantes dos trabalhadores da construção civil e das empresas terminou sem acordo. A proposta de reajuste de 9% foi novamente apresentada pelo sindicato das empresas aos trabalhadores, mas o valor não foi aceito e 50% da categoria continua paralisada.

De acordo com o presidente do Sintracom (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil), José Abelha, a mesa de negociação ocorreu no MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) e a proposta apresentada pelos empresários foi a mesma anterior.

“Os patrões levaram a mesma proposta de 9% e nós não aceitamos esse valor. No fim da reunião, representantes de empresas foram até o ministério para fazer pressão, mas não vamos aceitar esse valor”, afirma.

Segundo Abelha, 50% dos trabalhadores estão parados, o número chega a 15 mil funcionários. A categoria reivindica um aumento de 21,5% e, de acordo com o sindicato, o reajuste teria que ter sido acertado em março deste ano.

“A data base era em março, já estamos com mais de 100 dias de atraso”, disse o presidente.

Uma nova rodada de negociações está marcada para a manhã desta quarta-feira (12) no MTE. Uma assembleia entre os funcionários também será realizada na noite de amanhã para que o resultado da reunião seja apresentado para os trabalhadores.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions