ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  19    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Trabalhadores paraguaios trabalhavam em situação degradante em Terenos

Por Aliny Mary Dias | 15/11/2013 12:16
Trabalhadores estavam em situação degradante (Foto: Divulgação/MPT)
Trabalhadores estavam em situação degradante (Foto: Divulgação/MPT)

Um grupo de trabalhadores paraguaios trazidos para a zona rural de Terenos, distante 25 quilômetros da Capital, foi encontrado por uma equipe do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) em condições degradantes nesta semana.

Os trabalhadores foram resgatados pela equipe do ministério que fiscalizava a região. Conforme a denúncia, os trabalhadores estavam alojados em barracos e o local precisou ser interditado por auditores fiscais.

Alguns trabalhadores estavam há 18 dias na fazenda. No total, 10 trabalhadores, nove paraguaios vindos de Bella Vista, no lado paraguaio, um adolescente de 15 anos, e um brasileiro estavam no grupo. Parte dos trabalhadores estrangeiros era de indígenas paraguaios.

Depois de resgatados, os homens foram trazidos para a Capital e os donos da fazenda foram multados. Um TAC (Termo de Ajuste de Conduta) foi firmado ontem (14) durante audiência entre o MPT e os donos da fazenda.

Conforme o compromisso, cada trabalhador recebeu uma remuneração devida referente ao dano moral individual sofrido pela situação de exploração a que foram submetidos. Em caso de descumprimento do TAC, a multa será de R$ 500,00 para cada item descumprido, multiplicado pelo número de trabalhadores prejudicados.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário