A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

02/11/2015 16:58

Transtornos causados pela chuva acabam com o feriado de moradores

Ricardo Campos Jr. e Michel Faustino
Moradores limpam barro acumulado em varanda (Foto: Simão Nogueira)Moradores limpam barro acumulado em varanda (Foto: Simão Nogueira)
Aposentado ficou assustado quando teve casa invadida pela água (Foto: Simão Nogueira)Aposentado ficou assustado quando teve casa invadida pela água (Foto: Simão Nogueira)

Em pleno feriado do Dia de Finados (2), após uma viagem a Jaraguari, o representante comercial Danilo Bitti não conseguiu descansar, já que teve a casa inundada pela chuva e está limpando a sujeira. Além da água, a enxurrada encheu a varanda de terra e como se trata de um problema recorrente, segundo ele, o piso já está ficando encardido. O local fica na Rua Abdul Ahad, no Jardim Paradiso.

“Isso é um problema crônico. Enquanto não tomarem nenhuma medida de contenção na rua, como uma boca-de-lobo, essa situação vai se repetir. Eu investi e comprei essa casa há dois anos, mas fico desanimado e já pensei em me mudar”.

Segundo Bitti, o temporal forma correnteza no local e vários imóveis são invadidos pela água. A sujeira vem de uma área sem asfalto na parte mais alta do bairro. Na tentativa de controlar o problema, ele ergueu um muro e plantou grama na parte da frente da residência, mas as medidas não adiantaram.

Susto – O ralo do quintal entupiu e encheu de água a casa do casal de aposentados Júlio Lara, 67 anos, e Ana Ramona Ruth, 62 anos. “Quando eu vi que a água começou a subir muito e entrou na cozinha, fiquei desesperada e comecei a erguer os móveis. É a primeira vez que acontece isso. Fiquei muito assustada. Estava com medo que a água atingisse os móveis e estragasse geladeira e as cadeiras”, diz a idosa.

“Foi assustador, fiquei com medo de que a água entrasse em toda a casa. Ela já estava chegando a mais de um metro”, afirma Lara.

A família decidiu chamar o Corpo de Bombeiros, que enviou uma equipe ao local para solucionar o problema. Passado o transtorno, eles garantem que irão chegar qual o problema que houve no encanamento e pretendem resolvê-lo para não terem mais dores de cabeça no futuro. “Quando não está chovendo, a gente nem liga para isso”, diz o aposentado.

Ocorrências – Já foram registrados 54 milímetros de precipitação na cidade, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Os bombeiros também atenderam diversas situações. Houve quedas de árvores em dois bairros, vários alagamentos e um carro chegou a ser levado pela enxurrada.

Ralo entupido inundou casa na Capital (Foto: Simão Nogueira)Ralo entupido inundou casa na Capital (Foto: Simão Nogueira)
Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions