ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Travesti baleada por desconhecido em carro preto foge da Santa Casa

A vítima foi socorrida consciente e orientada na madrugada de ontem (15) pelo Samu

Por Viviane Oliveira | 26/10/2020 07:57
Travesti fugiu da Santa Casa de Campo Grande (Foto: arquivo/Campo Grande News)
Travesti fugiu da Santa Casa de Campo Grande (Foto: arquivo/Campo Grande News)

Travesti de 26 anos baleada por suspeito em um carro preto chegou a fugir da Santa Casa por volta das 9h de ontem (25), mas retornou na manhã desta segunda-feira (26). A vítima havia sido socorrida consciente e orientada na madrugada de domingo pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) à unidade hospitalar. Ela foi atingida por 4 tiros na região do tórax, ombro e mão.

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, a vítima deu entrada às 2h de domingo com ferimento de arma de fogo na região do tórax, ombro esquerdo e mão direita. Durante avaliação da equipe de cirurgia, a paciente optou por não aguardar a finalização do tratamento e fugiu cerca de 7 horas depois de dar entrada.

Caso - O crime aconteceu no cruzamento das ruas Carlinda Tognini com a Oclécio Barbosa Martins, na Vila Progresso, em Campo Grande. Conforme boletim de ocorrência, a colega da travesti contou que as duas estavam paradas na esquina, quando de repente o condutor de um automóvel preto surgiu e passou a disparar vários tiros em direção a vítima que saiu correndo, mas acabou caindo em um ponto de ônibus. Após os disparos, o autor fugiu do local e ainda não foi localizado. A testemunha não soube relatar aos policiais o modelo e a placa do veículo.

No começo do mês, reportagem do Campo Grande News mostrou que a Santa Casa de Campo Grande teve aumento de 55,81% no número de “fugitivos” do atendimento hospitalar. A saída abrupta pode ser risco à saúde, por conta da interrupção do tratamento, que precisa começar do zero caso o paciente tenha piora no quadro.

Matéria editada às 8h23 para acréscimo de informação. 

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário