A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

04/02/2012 10:00

Três são atingidos por tiros e um morre na feira do Jardim Monumento

Nadyenka Castro e Paula Maciulevicius

Testemunhas dizem que autor bateu no ombro de uma das vítimas e em seguida atirou, sem discussão

Três jovens foram atingidos por tiros e um deles morreu, por volta das 23h30min dessa sexta-feira, no Jardim Monumento, em Campo Grande.

O crime aconteceu na esquina das ruas Francisco Aguiar Pimenta e Waldemar Writh, fim da feira que é realizada todas as sextas-feiras no local.

De acordo com testemunhas, as vítimas ouviam música em volume alto ao lado de dois veículos, quando o autor chegou, bateu no ombro de uma delas e atirou.

Um dos jovens foi ferido no olho e outro na virilha, este último se fingiu de morto. Estes dois e o terceiro baleado foram socorridos à unidade de saúde Universitária. Um deles, de 23 anos, morreu. Uma das vítimas que ficaram feridas tem 17 anos e a outra 25.

”Ele [o autor] chegou, bateu nas costas e atirou”, conta uma das testemunhas, que preferiu não se identificar.

Dono de uma pizzaria há oito anos no mesmo endereço da feira, Cícero Novaes estava em seu comércio quando o crime aconteceu. “Estava trabalhando e escutei três disparos. Quando saí já tinha acontecido”, lembra.

O comerciante também conta que o autor bateu no ombro de uma das vítimas e em seguida atirou, sem qualquer discussão. Conforme ele, os comentários no bairro são de que havia uma rixa antiga entre os envolvidos.

Baderna - Conforme Cícero, esta é a primeira vez que uma pessoa morre no local. Ele diz que a feira era um local tranquilo, mas, desde o início do ano se transformou em ponto de encontro de jovens baderneiros.

” A Polícia aumentou a fiscalização nas conveniências e agora eles [jovens] vão para as feiras. O auge agora são as pontas das feiras”, fala Cícero.

Segundo ele, a maioria dos ‘participantes’ é adolescente. “A gente só vê menor de idade” , afirma. “Eles fazem competição de música”, diz Cícero referindo-se a música em volume alto do som de veículos.



Isso é o reflexo da falta de fiscalização, onde pessoas com motos de escapamentos barulhentos e carros de som em alto volume, perturbam os trabalhadores que acordam no outro dia bem cedo para trabalhar.
 
Luciano Silgueiro em 04/02/2012 12:18:03
eu tinha uma conveniencia na ponta da feira em um bairro de cg fechei o negocio porq ninquem aquenta tanta baderna q estes jovens fazem as piriquetes ficam loucas as maes nem imaginao o q elas fazem nas pontas de feiras,e sexo,drogas,e alcool,pra todo mundo v nao estao nem ai,da vergonha de ir a feira com a familia,vc ir ne um putero e menos vulgar do q ir nessas feiras q tem baderna
 
OSMAR SIMONATO em 04/02/2012 12:14:31
O culpado de tudo é sempre o mesmo. A impunidade!!!
 
João da Silva em 04/02/2012 11:48:40
Infelizmente nossa juventude está totalmente transviada, sem princípios e inconsequentes. Há algum tempo atrás esses tipos de violência e vândalismo eram praticados pelas pessoas mais velhas e malacas, hoje não, são jovens bem aparentados, bem vestidos, porém desmunidos de caráter, responsabilidade e respeito ao próximo. A Lei tem que ser mais rígida e punir com rigor p/ o bem estar da sociedade.
 
Marcia Adriane dos Santos em 04/02/2012 11:23:03
Serve para fazer filmes de faroeste - ai galera alguem lembra do Trinit , ou do Clean TwistWOOD. O filme Bommmmmm
 
jose carlos em 04/02/2012 11:01:24
E ai "juizes" de plantão, porque vcs não julgam esse individuo que cometeu esse crime do mesmo jeito que vcs julgaram aquele policial que agiu em legítima defesa e vcs o condenaram implacavelmente, ou vcs tem medo dele? será que é porque ele é bandido, marginal, assassino...
 
Paulo Oliveira em 04/02/2012 03:43:19
A notícia continua... um homem armado invadiu o pronto socorro do UPA Universitário nessa mesma noite para tentar ´´ terminar o serviço``, aterrorizando os funcionários e pacientes do posto, a polícia esteve no local. Isso tbm deve ser publicado para que todos saibam da falta de segurança que existe nos Postos de Saúde .Graças a Deus ninguém saiu ferido!
 
ELIANE RODRIGUES DA SILVA em 04/02/2012 03:20:45
ola sempre morei nesta região é a segunda vez que morre uma pessoa nesta feira ,seria melhor a policia civil investigar melhor, os bares,lanchonetes e até mesmo pizzaria, eu sei muito bem oque acontece nestes lugares .mas ninguém faze nada . nasci e fui criado aqui ..conheço como a pauma da minha mão.
 
juliano silva em 04/02/2012 03:05:47
E muito curioso aquele trecho tem a feira na esquina tem uma pizzaria que e ponto de encontro do outro lado da rua tem uma mini conviniência musica,bebida,meninas menores, e rapazes carros com som alto, mesmo com uma placa informando PROIBIDO SOM AUTOMOTIVO.quem e responsavel realmente a Comunidade que não sabe desfrutar,Moradores que não sabem seus direitos ou são omissos ha tem o comercio???
 
paulo henrique em 04/02/2012 01:31:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions