A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2019

05/04/2017 17:03

Trio do PR é procurado por dar golpe de R$ 30 mil em idosa de Campo Grande

Amanda Bogo e Adriano Fernandes
Delegado Palermo mostra bilhete usado durante aplicação do golpe (Foto: Adriano Fernandes)Delegado Palermo mostra bilhete usado durante aplicação do golpe (Foto: Adriano Fernandes)

A polícia procura trio de estelionatários de Londrina (PR) que aplicou o golpe do bilhete premiado em uma idosa de 74 anos. O crime ocorreu no dia 23 de março em Campo Grande. Camila Fabrícia Martins, 34 anos; Tatiana Aparecida Diman, 37 anos; e João Maria da Silva, 40 anos, teriam levado da vítima cerca de R$ 30 mil em dinheiro e joias.

Conforme o delegado da Dedfaz (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes de Defraudações e Falsificações), Dmitre Erik Palermo, a idosa estava em um velório na rua 13 de maio quando foi abordada por Tatiana.

A suspeita disse que morava no interior e afirmou ter um bilhete premiado no valor de aproximadamente R$ 3, 9 milhões. Ela alegou ser analfabeta e pediu ajuda para fazer o saque do dinheiro, e em troca daria uma quantia para a vítima.

Após a abordagem, Camila se aproximou em seguida e mostrou um maço de notas com aproximadamente R$ 60 mil dizendo que ajudaria a mulher e que deixaria o montante como garantia, para após o saque do prêmio pegar de volta com a bonificação dada por Tatiana pela ajuda.

Camila participava dizendo que ajudaria a resgatar o prêmio do bilhete (Foto: Divulgação)Camila participava dizendo que ajudaria a resgatar o prêmio do bilhete (Foto: Divulgação)
Tatiana se apresentou como dona do bilhete (Foto: Divulgação)Tatiana se apresentou como dona do bilhete (Foto: Divulgação)
João acompanhava a ação de longe e fugia com as duas suspeitas (Foto: Divulgação)João acompanhava a ação de longe e fugia com as duas suspeitas (Foto: Divulgação)

A idosa então decidiu ajudar a suspeita e levou as estelionatárias até sua casa, onde pegou seis mil reais, dois mil dólares, 500 euros e mais 30 pesos, além de jóias, totalizando aproximadamente R$ 30 mil.

De lá, as três mulheres seguiriam para uma lotérica, mas no meio do caminho, Camila e Tatiana pediram para a vítima parar porque precisavam usar o banheiro. As suspeitas desapareceram levando a quantia e deixando a idosa esperando em seu veículo.

De acordo com o delegado, João participava acompanhando toda a ação de longe e aguardava as mulheres em um Gol cor branco utilizado para realizar a fuga. Imagens da câmera de segurança de uma sorveteria registraram o momento da abordagem e quando as mulheres deixam o local, o que possibilitou o reconhecimento da placa e dos estelionatários (assista abaixo).

No dia 30 de março, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) fez a abordagem dos suspeitos em Marinalva (PR). Os três foram levados a delegacia, mas liberados em seguida, pois o mandato de prisão temporária não havia sido expedido até o momento.

Os suspeitos chegaram a contratar um advogado, que informou que os estelionatários fugiram e não tinham interesse em colaborar com a polícia.

Um mandato de prisão preventiva foi emitido e tem validade em todo o país. Os três responderão por crime de estelionato, com pena que varia de um a cinco anos de prisão. “Suspeitamos que outras pessoas foram enganadas por eles, e esperamos que com a divulgação das imagens elas possam procurar a polícia e prestar queixa", afirmou Palermo.

Para o delegado, as vítimas não denunciam o crime por vergonha. “Porque indiretamente elas contribuíram para levar o golpe e sofrer o prejuízo”, finalizou. Quem tiver informações dos suspeitos podem entrar em contato com a polícia pelo 190 ou diretamente com a Dedfaz pelo número (67) 3318-9050.

Flagrante - O video a seguir registrou o momento em que as duas suspeitas abordam a vítima depois que ela estacionou o veículo Prisma em um supermercado. Passado alguns instantes as três retornam ao carro e seguem a caminho da casa da idosa onde a vítima entregou o dinheiro as estelionatárias. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions