A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

19/01/2011 15:52

Usuários do Parque dos Poderes reclamam de mau cheiro, buracos e falta de cuidado

Ricardo Campos Jr.

Em alguns locais, aberturas no solo prejudicam pista de caminhada

O esgoto correndo à vista no Parque dos Poderes já virou cena comum e que incomoda quem usa a região para fazer caminhada, na rua Moacir do Carmo, em Campo Grande. Em alguns trechos, os bueiros estão abertos provocando mau cheiro e reclamações dos pedestres e motoristas que passam com freqüência no local.

Tubulação à mostra chama a atenção das pessoas que caminham no Parque dos Poderes. (Foto: João Garrigó)Tubulação à mostra chama a atenção das pessoas que caminham no Parque dos Poderes. (Foto: João Garrigó)

O esgoto correndo à vista no Parque dos Poderes já virou cena comum e que incomoda quem usa a região para fazer caminhada, na rua Moacir do Carmo, em Campo Grande. Em alguns trechos, os bueiros estão abertos provocando mau cheiro e reclamações dos pedestres e motoristas que passam com freqüência no local.

Em outros lugares, a calçada sofreu afundamento. A cerca que separa a mata da pista caiu por causa dos buracos.

O funcionário público Edson Lima, 38 anos, faz caminhada ao longo do Parque e reclama do cheiro. “É perto do lago. Deve ser uma fossa”, diz. Os problemas vão além. “Época de chuva fica ruim. Água da chuva empossa”, diz.

Professor de Educação Física aposentado, Eurdes Carlos Garcia, 62 anos, diz que a falta de cuidado prejudica as atividades físicas. “Tem mau cheiro. É um local que a população escolheu para trabalhar a saúde e não a doença. Onde foi feita toda uma obra de esgoto o gramado foi arrancado e reposto com muda ao invés de placa. A grama absorve o impacto da caminhada”, explica.

O aposentado Nelson Baruta, 65 anos, também reclama da falta de cuidado com o espaço usado por ele para melhora da saúde e qualidade de vida.

Os buracos no entorno da pista de caminhada e crateras abertas pela erosão do lado de dentro da cerca evidenciam a afirmação. “Deve ter um abismo aí dentro. A enxurrada traz areia para a calçada. Essas erosões já fazem um tempo que tem. Está esquecida principalmente na parte de manutenção”.

Dona de um posto de gasolina próximo ao problema, Vânia Maia, 47 anos, diz que ouve bastantes reclamações dos esportistas que utilizam o estabelecimento dela como parada de descanso. No entanto, ela diz não sentir mau cheiro e considera exagerada a impressão dos buracos.

“Estão reclamando muito da falta de cuidado com a pista. Fizeram um esgoto que beneficiou toda a região. A rua ficou 9 meses e 32 dias (sic) interditada”, lembra.

Na lagoa que fica em uma área que fica em uma área pertencente a uma construtora, o mau cheiro em alguns dias também é visível. O lugar já foi motivo de problemas em outras ocasiões. Em 2009, um jacaré que era conhecido por viver na lagoa foi encontrado morto.

A reportagem tentou contato com a administração do Parque dos Poderes e está aguardando o retorno.

Veja mais fotos abaixo

Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


Bom só pra lembrar que os nossos "governantes" estão, ou imagino que estão o dia todo ai no parque, mais como sempre, fazem vista grossa, por que fiscalizar as ruas e avenidas talvez de mais dinheiro se alguém for multado, bicho e árvore não paga imposto!!!!
 
Oswaldo Junior em 20/01/2011 11:41:53
Parabens ao campograndenews pela matéria. Sou frequentador do local e já havia observado o risco que é andar naquela calçada com um bueiro aberto, podendo causar um acidente grave e até a morte de pessoas e animais. O poder público tem que resolver esse problema urgentemente.
 
nelson silva em 20/01/2011 09:33:33
Só pra responder o comentario da colega Maira...é obvio que não vão fiscalizar o parque dos poderes...os responsáveis ou são ricões ou é o governo!
 
Cintia Bezerra Possas em 19/01/2011 09:28:55
Freqüento muito esta região com o pessoal que corre por lá, e realmente na nascente do corrego Prosa tem problema de erosão e assoreamento, inclusive a mata ao redor da nascente está morrendo, se nada for feito vai ter problemas graves em breve, quanto ao mau cheiro realmente após chuva forte deve ter algum vazamento por lá, mas não tem a ver com as obras recentes na região. Também acho que a lagoa existente lá deveria ser preservada e melhorada, conservada.
 
Luiz carlos em 19/01/2011 09:17:35
quer dizer a fiscalizaçao ta nas ruas de campo grande,por causa da acessibilidade dos pedrestres,e nao fiscalizam o parque dos poderes q causam trantornos e mau cheiro a populaçao.é brinacdeira!!!!
 
maira mendes em 19/01/2011 05:17:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions