ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, SÁBADO  17    CAMPO GRANDE 19º

Capital

Vacinação na Capital começa por 3 hospitais e unidades de urgência e emergência

Por Liniker Ribeiro e Marcos Rivany | 18/01/2021 14:38
Hospital Regional é referência no tratamento da covid-19, em Mato Grosso do Sul (Foto: Paulo Francis)
Hospital Regional é referência no tratamento da covid-19, em Mato Grosso do Sul (Foto: Paulo Francis)

Após o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, anunciar que os municípios poderão dar início a vacinação contra covid-19, já nesta terça-feira (19), planos para colocar a medida em prática seguem sendo finalizados. Em Campo Grande, de acordo com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), as doses estarão disponíveis em três hospitais e também nas unidades que atendem urgências e emergências.

Conforme o planejamento inicial, a Santa Casa da Capital, o Hospital Regional e o Hospital Universitário são os três hospitais que devem começar a vacinar, a partir de amanhã, às 8h.

José Mauro Filho, secretário municipal de saúde (Foto: Paulo Francis)
José Mauro Filho, secretário municipal de saúde (Foto: Paulo Francis)

Já as unidades de urgência e emergência são todos os seis CRS (Centros Regionais de Saúde) e as quatro UPAs (Unidades de Pronto Atendimento).

Já os idosos com mais de 60 anos que moram em instituições como casas de repouso, serão vacinados nos próprios asilos. São eles, a instituição Sirpha Lar do Idoso e Asilo São João Bosco, de acordo com o secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho.

Ao todo, Mato Grosso do Sul recebe 158.760 mil doses da vacina, que devem chegar a qualquer momento, em aeronave da FAB (Força Área Brasileira). Deste total, 97 mil doses estão destinadas a indígenas, porém, não contemplará as aldeias urbanas.

Mais cedo, Marquinhos Trad, prefeito de Campo Grande, afirmou que espera receber 79.380 doses da CoronaVac do Governo de Mato Grosso do Sul. O número equivale a 50% do total das doses que o Estado recebeu do Ministério da Saúde.

Ato simbólico - Os grupos prioritários, dessa primeira fase de vacinação, serão idosos, equipes de saúde e indígenas que vivem em aldeias. Hoje, às 17h, representantes de cada um desses grupos serão vacinados em ato simbólico, no Hospital Regional.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário