A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

28/08/2012 19:21

Vândalos entram em escola estadual e destroem câmeras de segurança

Elverson Cardozo

Equipamentos foram adquiridos no início deste ano, após uma campanha que envolveu a diretoria, professores e pais de alunos

Escola foi invadida na noite de domingo, por volta das 23h40, segundo a direção. (Foto: Minamar Junior)Escola foi invadida na noite de domingo, por volta das 23h40, segundo a direção. (Foto: Minamar Junior)
Equipamentos destruídos estavam instalados em frente à escola e em um dos corredores. (Foto: Minamar Junior)Equipamentos destruídos estavam instalados em frente à escola e em um dos corredores. (Foto: Minamar Junior)

A Escola Estadual Olinda Conceição Teixeira Bacha, no bairro Buriti, em Campo Grande, foi alvo de vândalos durante esse final de semana. Um grupo invadiu o prédio e quebrou 3 das 13 câmeras do circuito interno de segurança. Ninguém se feriu.

A diretora da escola, Sirlei Izabel de Freitas, de 47 anos, informou que a ação ocorreu na noite de domingo (26), por volta das 23h40, e durou, no máximo, 10 minutos, segundo informações do agente patrimonial que estava de serviço.

Segundo Sirlei, o trabalhador tentou, sem sucesso, adverti-los, mas o grupo, composto por jovens, pulou o muro e danificou os equipamentos que foram adquiridos no início deste ano, após uma campanha que envolveu a diretoria, professores e pais de alunos.

Duas câmeras que estavam instaladas na entrada da escola ficaram completamente destruídas. A terceira estava instalada em um dos corredores.

Para a diretora, os suspeitos são da própria comunidade e podem ser alunos que agiram por puro vandalismo. “Nunca me deparei com uma situação assim”, disse.

Corri risco de vida, comentou aposentada Maria Conceição. (Foto: Minamar Junior)"Corri risco de vida", comentou aposentada Maria Conceição. (Foto: Minamar Junior)

A situação chamou atenção de moradores e comerciantes. Para a aposentada Maria Conceição Martini, de 67 anos, o grupo tinha intenção de roubar uma conveniência que fica em frente ao colégio, mas acabou se assustando com o alarme que disparou.

Como as câmeras estavam posicionadas em frente ao estabelecimento, os envolvidos, segundo a aposentada, podem ter sido filmados e, para eliminar provas, resolveram entrar na escola e destruir os equipamentos.

“Eu sai na rua, por volta da meia noite, para desarmar o alarme”, contou, ao explicar que estava cuidando do bar a pedido do dono. “Hoje eu vi uns guri comentando que nem cerca elétrica, nem câmera mete medo neles”, acrescentou.

De acordo com a diretora da escola, o caso já foi comunicado à polícia e está sendo investigado. Por enquanto, não há informações de suspeitos.



os agentes sem armamento nao tem como reagir e nem combater a marginalidade, da forma que esta apenas prevençao. Nao temos poder de policia.
 
everton rodrigues em 05/09/2012 09:13:26
É um desrespeito e falta do que fazer uma pessoa criticar o serviço do agente patrimonial, por acaso na mesma situação este que desrespeita faria o que? Pularia em cima da gang toda e bateria em um por um , a policia não atendeu a ocorrencia porque estava cobrindo o evento como foi falado, ali é um pai de familia arriscando a vida e não um marginal. Desarmado e somente com a voz e o telefone.
 
Marcio do Carmo Vieira Lima em 29/08/2012 12:04:27
Tem que armar os guardas patrimoniais e o agentes patrimoniais,e tombar esses marginais.
 
kenneth brandão em 29/08/2012 09:57:38
quem critica os guardas municipais e os agentes patrimoniais com certeza tem peito de aço,como seria a reação de vcs se estivessem sozinhos em uma escola sem arma e sem condições nenhuma de trabalho e se deparasse com vandalos q não tem nada a perder como os monstros q colocaram fogo no vigia la no jd anache.antes de criticar pense q é uma vida um pai de familia q esta lá sozinho.
 
elisangela silva em 29/08/2012 08:42:35
Pelo contrário, o guarda esta acordado, porém, como qualquer pessoa normal se assustou quando deparou-se com vândalos armados com pedras e pau. A polícia foi chamada, porém, nenhuma viatura foi direcionada para a escola, uma vez que TODA a frota estava ocupada. Vale lembrar que nesse dia, nunca vi tantos policiais no show do Michel Teló. É o velho ditado: Cobre um santo mas descobre outro!
 
Alexandre Gonçalves em 28/08/2012 11:36:31
Quer apostar quanto que o agente patromonial estava dormindo e agora vem com essa conversa
 
CLEITON DA SILVA em 28/08/2012 09:58:41
Eles (Os vândalos) não foram filmados? Eles sairam do foco da câmera? O Agente Patrimonial só tentou adverti-los e não comunicou a polícia??
 
Thiago Alves em 28/08/2012 08:45:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions