ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 

Capital

Vendedor de carro é encontrado morto com tiro na cabeça dentro de Audi

No veículo foram encontradas duas cápsulas de pistola. 380 deflagradas e uma arma de fogo do mesmo calibre

Por Viviane Oliveira e Bruna Marques | 29/03/2021 06:55
Movimentação de policais, peritos e funenária de plantão no local onde ocorreu o fato (Foto: Direto das Ruas) 
Movimentação de policais, peritos e funenária de plantão no local onde ocorreu o fato (Foto: Direto das Ruas)

O vendedor de carros Carlos Magno Grangeiro de Queiroz, 39 anos, foi encontrado morto dentro do Audi que dirigia, na noite de ontem (28) no cruzamento das ruas do Salgueiro com a Aguiar Pereira de Souza, na Vila Progresso, em Campo Grande.

A Polícia Militar foi acionada para atender ocorrência de disparo de arma de fogo e quando chegou ao local encontrou a vítima morta dentro do carro, de cor branca. No veículo foram encontradas duas cápsulas de pistola. 380 deflagradas, além da arma de fogo do mesmo calibre com carregador e sete munições intactas. A pistola tem registro.

À polícia, um amigo da vítima contou que estava em casa, quando às 23h06 recebeu pelo WhatsApp mensagem de voz de Carlos, na sequência, às 23h07, recebeu uma ligação, mas não conseguiu atender e dois minutos depois recebeu a localização de onde o vendedor estava. Ele relatou ainda que só viu as mensagens um tempo depois, não informou o conteúdo do áudio, nem quanto tempo depois visualizou a chamada.

O amigo relatou que a vítima tinha uma dívida, mas não soube dizer o valor nem para quem devia. O óbito foi constatado por uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) às 23h52. Carlos trabalhava com a compra e venda de veículos. Segundo o delegado Cristian Henrique Mollinedo, o caso foi registrado como morte a esclarecer e a suspeita é de que a vítima tenha atirado na própria cabeça. Assista, abaixo, ao vídeo.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário