A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

13/06/2018 08:12

Vídeo mostra momento em que militar reage e acaba morto com dois tiros

Crime aconteceu na noite desta terça-feira, na Rua Bacabá, no bairro Coophatrabalho. O autor foi preso horas depois no Aero Rancho

Geisy Garnes
A vítima tenta evitar a fuga do ladrão e acaba baleada (Foto: Reprodução vídeo)A vítima tenta evitar a fuga do ladrão e acaba baleada (Foto: Reprodução vídeo)

Imagens de câmera de segurança flagraram o momento em que o militar da aeronáutica Rafael Lucas Soares, de 23 anos, foi abordado e morto por João Víctor Gomes Costa, ao reagir a um assalto na noite desta terça-feira (12), em Campo Grande. O crime aconteceu às 18h19, na Rua Bacabá, no bairroCoophatrabalho.

A gravação mostra o militar parado na calçada, mexendo no celular, e o momento em que o motociclista, de 20 anos, se aproxima e anuncia o roubo, já com arma em punho. Rafael chega a soltar a mochila e “simular” a entrega do celular, mas então se joga contra o suspeito e o derruba da moto.

João Victor levanta e tenta fugir, mas é perseguido pela vítima. É durante a tentativa de segurar o ladrão, que Rafael Lucas acaba atingido pelos tiros. No vídeo é possível ver o ‘clarão’ dos disparos. O militar sofreu dois ferimentos, um no tórax e outro na perna esquerda.

Já ferido, Rafael ainda tenta evitar a fuga do autor, não consegue e volta correndo em direção de casa. Antes mesmo de chegar na calçada, o rapaz perde as força e cai sobre a moto usada por João Victor no crime.

São 30 segundo até a primeira testemunha aparecer. Um motociclista encontra Rafael caído e presta socorro. Em pouco tempo, várias pessoas se aproximam e moradores da casa em que a vítima estava em frente, também saem na rua. O Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionados, mas a vítima não resistiu e morreu.

Rafael Lucas Soares era militar da aeronáutica (Foto: Reprodução Facebook)Rafael Lucas Soares era militar da aeronáutica (Foto: Reprodução Facebook)

A prisão - Horas depois do crime, por volta de 1h20, a Polícia Militar conseguiu localizar Evandro Modenesi Oliveira, 21 anos, dono da moto usada pelo suspeito. Ele contou que havia emprestado a motocicleta ao primo e ao ficar sabendo da situação, mandou que sua mãe fosse até a delegacia registrar boletim de ocorrência por furto.

Em seguida, os policiais encontraram João Victor no Jardim Aero Rancho. Ele confessou o crime e afirmou à polícia que atirou porque a vítima reagiu. Além da motocicleta, três celulares foram apreendidos no local do crime e um quarto localizado no cruzamento da Avenida Florestal com a Rua Tiruana.

Durante a ocorrência, uma outra vítima do ladrão apareceu na delegacia, dizendo que havia sido roubado por um motociclista e reconheceu um dos aparelhos encontrado na rua. João foi preso em flagrante por roubo seguido de morte e foi levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

O primo dele também foi levado para a delegacia e vai responder por falsa comunicação de crime por ter mentido sobre o furto de sua moto. Evandro cumpre pena por roubo e usa tornozeleira eletrônica. Confira o vídeo:



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions