A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

18/11/2011 15:00

Vídeo mostra momento em que mulher é morta pelo ex-marido no Alves Pereira

Francisco Júnior e Paula Vitorino

No dia anterior à sua morte, vítima registrou boletim de ocorrência contra o ex-marido por ameaça

Edgar está foragido desde o dia primeiro de novembro. (Foto: Divulgação)Edgar está foragido desde o dia primeiro de novembro. (Foto: Divulgação)

Vídeo a que o Campo Grande News teve acesso mostra o momento em que Patrícia de Oliveira Andrade, 22 anos, é morta pelo ex-marido, no bairro Alves Pereira. O crime aconteceu por volta das 17h de ontem, na rua Terune com a Alves de Pinha.

As imagens não estão nítidas, mas é possível ver um homem de camiseta branca disparar a arma e fugir do local em uma motocicleta. Segundo testemunhas, trata-se de Edgar Sales, de 28 anos, ex-marido da vítima. Ele está foragido.

O vídeo mostra ainda o desespero dos parentes da vítima e o chegada da equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência)

As imagens foram gravadas por um morador do bairro. Ao escutar os disparos, ele correu para ver o que estava acontecendo e acabou deparando com o homicídio.

Uma testemunha do crime, que não quis se identificar, disse que antes de fazer o último disparo, o atirador tirou o capacete da cabeça e deu beijo na boca da vítima. Essa cena não aparece no vídeo.

Patrícia foi atingida por pelo menos cinco tiros. Ela ainda chegou a ser levada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Universitário, onde morreu.

Ela estava com a irmã, Suzana da Silveira Andrade, 25 anos, quando foi abordada pelo marido. Ele atirou no capacete da irmã, que caiu e fingiu estar morta. Em seguida, fez os disparos contra Patrícia. A vítima foi atingida em um dos braços, em um dos seios e no pescoço.

Ameaça – No último dia 16, um dia antes de ser morta, a vítima registrou um boletim de ocorrência por ameaça contra o ex-marido. De acordo com a polícia, na terça-feira (15), por volta das 23 horas, no Jardim Colibri, Edgar, armado, abordou a mulher e ameaçou de morte: “desce desse carro e vem comigo se não vai acontecer uma desgraça”, disse ele para a vítima conforme consta no boletim de ocorrência.

O boletim de ocorrência foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga.

Edgar está foragido do Centro Penal Agroindustrial da Gameleira desde o dia 1º de novembro deste ano, uma semana após ser transferido do presídio de trânsito. Ele tem várias passagens na Polícia pelos crimes de roubo, ameaça, lesão corporal, porte ilegal de arma, direção perigosa e dirigir sem habilitação.



MEU DEUS....pena de morte ja!!!!!!para servir de eemplo p outros vagabundos que ameacam as mulheres!!!ninguem é obrigada a viver com quem nao quer!!!!pena de morte !!!!
 
irene soares em 21/11/2011 11:48:59
Infelizmente mais uma vida perdida brutalmente.o nosso livre arbítrio tem q ser exercitado p/nos levar ao que e CERTO!!bandido é bandido e pronto!!com o devido respeito a família e isso:Mulher de vagabundo ou acaba presa ou morta,seja por ele ou em razão dele!!!
 
Laercio Souza em 19/11/2011 12:57:21
Madalena Sartioli, faço minhas as suas palavras. Talvez pelo seu sempre presente espírito maternal, as mulheres costumam 'dar mole', mesmo para aqueles em cuja testa está escrito: 'eu não valho nada, sou bandido'. Por isso, um comportamento mais adequado, menos desesperado e mais seletivo, contribuiria e muito para diminuir esse tipo de crime passional.
 
arthur donavann em 19/11/2011 10:33:54
É PESSOAL ISTO QUE ESTA ACONTEÇENDO É BIBLICO,ESTAMOS NO FIM DOS TEMPOS,VEJAMOS O QUE ESTA ACONTECENDO A NOSSA VOLTA,E TIRE SUAS CONCLUSOES.
 
DANIEL SOARES DA SILVA-ME em 19/11/2011 10:09:23
Ele precisa matar a menina! Já que ele não tinha mais nada a ver com ela, que cuidasse da vida dele, e deixasse ela viver em paz! Não precisava tirar a vida dela, um ser semelhante como ele, mas a justiça de Deus tarda, mas não falha! E algum dia a Deus pertence...
 
SUZANA LARA em 19/11/2011 09:49:27
Isso acontece porque o vagabundo sabe que não vai tomar nem um tapa, e se ficar preso é por muito pouco tempo,tem que haver PENA DE MORTE para esse tipo de crime e para os profissionais do crime, por outro lado, concordo com a Isabel, as meninas de hoje parece achar bonito namorar bandido, só que o final delas é isso ai,CADEIA OU CEMITÈRIO.
 
Carlos Alberto em 19/11/2011 09:46:53
olha a cara de marginal desse indivíduo! Nasceu com predisposição genética para ser um lixo humano. É um peso inútil no planeta. Verme asqueroso. Que apodreça na cadeia!
 
William Silva em 19/11/2011 09:20:41
ME DIGAM QUE EFEITO TEM O BOLLETIM DE OCORRENCIA ?
,NAO DA PRA ACREDITAR EM BOLETINS ,SE REALMENTE FUNCIONA-SE NAO HAVERIA ACONTECIDO ESSA BARBARIA...
FICAMOS A MERCE DESSES FATOS E ACONTECIMENTOS ,DEIXANDO A NOSSA POPULAC,AO DESACREDITADA EM RELAÇAO A FAZER OU NAO FAZER UM B.O
 
antonio carlos em 19/11/2011 08:38:55
puta merda???? quando será que esse país irá adotar a pena de morte e acabar com pessoas que não prestam para nada a não ser gerar desgraças para familias alheias. politicos serios do brasil por favor ajudem a população, adotem medidas mais severas.... o povo necessita de ajuda. Penso que a população deva começar a reagir a esses criminosos e botá-los em seus lugares.... população unam-se!!!!!!!
 
IGOR DE LIMA em 19/11/2011 07:35:19
que deus de conforto a todos familhares.
 
adauto souza em 19/11/2011 06:14:50
Onde está o exemplo!!! como e onde está o P.C. que matou a colega de trabalho, pior ainda ambos da Delegacia da mulher? é e por ai vai... a impunidade corre solta a lentidão e morosidade da justiça proporciona isso e muito mais. Deveria surgir um levante nacional pra de fato ter uma lei com processos mais rápidos, desta forma muitos hipócritas e suas ações ficaria transparentes para extirpar.
 
Daniel Rocha em 19/11/2011 03:58:38
QUE DEUS CONFORTE O CORAÇAO DOS PAIS DELA E ILUMINE A VIDA DA FILHINHA DANIELA QUE TEM APENAS 5 ANOS E VIU TODA ESSA CENA TRAGICA.....O PAI MATAR SUA MAE..........
 
REGINA FARAJ em 19/11/2011 03:00:16
É pessoal depois quando a PM pega um marginal desses e da um corretivo vai todo mundo dizendo que abuso de autoridade, que a PM não presta, ainda vamos ver muitas coisas acontecerem enquanto bandido for tratado como cidadão do bem pelo judiciário brasileiro. Pena de morte já
 
Heraldo F. de Souza em 19/11/2011 02:58:48
queria ver se vosse a filha desse juiz que o colocou nessa gameleira pra uma pessoa dessa tem que ser no presídio federal de onde ele não sai nunca mais
 
rose santos em 18/11/2011 11:09:08
O mundo jáz no maligno, quem não estiver com Deus esta perdido, nós somos todos filho de Deus, mas obedeça a ele.
 
Ricardo brasil em 18/11/2011 10:37:56
Me pergunto o que seria um comportamento mais adequado. O de Maria da Penha, hoje em uma cadeira de rodas, ou Dora Siqueira, morta aos 37 anos, depois de 12 anos de casamento e servindo de arrimo de família. As mortes podem ser evitadas se tivermos políticas eficazes. A violência contra a mulher é questão de saúde pública, independente da "modernidade" em que se vive.
 
Aline Sena em 18/11/2011 09:58:57
Fez isso porque sabe que será preso e depois será solto novamente!
isso que deixa a população revoltada....aqui não tem presidio federal ao invez de colocar presos de outros estados colocam esses marginais que ficam ai( fazendo o que vcs todos acabaram de ver no video)
 
anderson silva em 18/11/2011 09:29:23
Lei Maria da Penha? Não....Maria da Pena!
 
Anete Trindade Vargas em 18/11/2011 09:09:58
Podia mudar a palavra JUSTIÇA pra MILAGRE, pois são coisas que dificilmente acontecem, é mais fácil acreditar que papai noel exista, esse é mais um caso para estatística, é REVOLTANTE... meus sentimentos pra família!
 
Belkiz D. Freire em 18/11/2011 09:00:46
Em uma parte de comentário expliquei: A BAIXA AUTOESTIMA estimula isso e a necessidade de se coisificar, seguindo a mídia também.
Mas NINGUÉM FALOU DA MOÇA.
 
Madalena Sortioli em 18/11/2011 09:00:00
Esta moça passou por um crime brutal. O comentário foi feito no sentido de que ter um comportamento mais atento e preventivo em relaçaõ aos relacionamentos protege e muito a mulher de eventos de agressão. NÃO É ESTE O CASO, NÃO SE SABE, NÃO SE DIZ QUE É. É um comentário geral: mais preservação gera maior segurança. Ainda que parceiros sejam imprevisíveis, ser mais seletivo reduz os riscos.
 
Madalena Sortioli em 18/11/2011 08:58:52
Em nenhum momento foi dito isso, Francisca, nem NINGUÉM se referiu a ESTE caso. O comentário foi feito na generalidade.
Ou por acaso é possível afirmar que merece o nome de mulher aqueles seres que se sacodem e se oferecem como carne em vitrine de açougue na frente das conveniências?Não são. São mercadorias que quem sabe um dia acordem para a realidade. Ninguém falou que crime se justifica
 
Madalena Sortioli em 18/11/2011 08:56:46
O que um vagabundo com uma fixa criminal de 1km esta fazendo fora da JAUL??...esse animal tinha que estar preso,se eu estivesse naquele Fiat Uno teria ido atras dele e passado por cima dele...Deus,de conforto a Mãe e ao Pai dessa Moça...
 
Edson Sobrinho em 18/11/2011 08:48:21
O maior problema é que as pessoas mudam e elas infelizmente se tornam o que juraram que nunca seriam,o desamor e a brutalidade está tomando conta do mundo e a maioria das pessoas acham melhor resolver assim os seus problemas.Só Cristo é a Solução.
 
Laine Silva em 18/11/2011 07:45:35
é sempre assim!
A mulher é ameaçada, agredida e morta e ainda é culpada por isso! Ora faça-me o favor!!
 
FRANCISCA BEZERRA DE SOUZA em 18/11/2011 07:32:25
a se houvesse uma justiça eficaz esse rapaz teria ficado apenas no crime de roubo, mas agora também é um assassino,e acredito que não pare por aí....
 
GIVALDO VALERIO DE LIMA em 18/11/2011 07:30:29
Isabel:
falou coisas muito importantes...
Nada justifica a violência do comportamento dos homens contra as mulheres. Mas que um comportamento mais adequado e consciente das mesmas reduziria essas ocorrências, ah reduziria.
 
Madalena Sortioli em 18/11/2011 06:31:13
Essas coisas só acontecem porque se tem certeza da impunidade, e porque as mulheres de hoje em dia não estão mais de dando ao respeito. Ficam com o primeiro que aparece, não procuram investigar a vida da pessoa, logo depois estão com outro. Infelizmente, é a modernidade. Fazer o que né?
 
Isabel Arguelho em 18/11/2011 04:53:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions