A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

29/12/2017 08:37

Vítima arma emboscada e PM prende trio que vendia mercadorias furtadas

A ação para recuperar os produtos furtados começou por volta das 23h e terminou às 4h desta sexta-feira (29)

Viviane Oliveira e Miriam Machado
Os três foram presos e levados à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário da área (Foto: Marcos Ermínio) Os três foram presos e levados à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário da área (Foto: Marcos Ermínio)

A comerciante Jussara Monique dos Santos Santana, 19 anos, foi presa após tentar vender mercadorias furtadas em grupo de WhatsApp, na noite de ontem (28) em Campo Grande. A partir da prisão dela, mais duas pessoas envolvidas foram localizadas e levadas à delegacia para prestar esclarecimento. A ação para recuperar os objetos furtados começou por volta das 23h e terminou às 4h desta sexta-feira (29).

Conforme policiais do Batalhão de Choque, a vítima que teve a loja invadida por ladrões, na Vila Bom Jardim, no dia 20 deste mês, reconheceu os objetos que haviam sido furtados após entrar em um grupo de vendas no WhatApp. Ela, então, marcou encontro com a mulher que ofercia os produtos, acionou a polícia e junto com a equipe foi até a casa de Jussara, no Bairro Los Angeles.

Lá, foram encontradas parte da mercadoria. O restante foi localizado na loja de roupas de Jussara, na Avenida dos Cafezais. Questionada sobre a situação, Jussara relatou que havia comprado as roupas por R$ 6 mil de um homem identificado como Tiago de Oliveira Teodoro, 31 anos.

Produtos furtados foram encontrados na casa de Jussara e Tiago (Foto: Marcos Ermínio) Produtos furtados foram encontrados na casa de Jussara e Tiago (Foto: Marcos Ermínio)
Objetos, que segundo a polícia, foram furtados (Foto: Marcos Ermínio) Objetos, que segundo a polícia, foram furtados (Foto: Marcos Ermínio)

A PM foi até a casa de Tiago, no Bairro Caiobá. Ele tentou fugir em uma motocicleta, mas foi detido. Na casa dele, foram encontradas várias mercadorias como roupas, joias, relógios, óculos e R$ 15 mil em produtos furtados de uma tabacaria no dia 4 deste mês.

Lá, também foram localizados munições de calibre 38, 22 e carregador de pistola .380. A namorada de Tiago de 19 anos acabou presa porque estava na residência. Ainda não foi esclarecida a participação dela no crime. Em depoimento, Tiago disse que comprou as mercadorias de uma pessoa, mas não soube dizer o nome.

Jussara vai responder por receptação. Já Tiago, por receptação, desobediência, direção perigosa e posse de munição. A vítima proprietária da loja de roupas furtadas afirma que o prejuízo foi de R$ 60 mil.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions