A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

06/02/2016 10:08

Vitima de falso frete, caminhoneiro fica 17 horas refém de quadrilha

Aline dos Santos

Vítima de falso frete, caminhoneiro de 37 anos ficou refém de ladrões por 17 horas. Funcionário de uma transportadora, ele foi designado para um frete em que a carga seria carregada em Sidrolândia.

Por volta das 10h45 de ontem, o motorista foi a um posto de combustíveis na avenida Gunter Hans, bairro Tarumã, em Campo Grande, e encontrou o contratante do serviço. Eles foram até ao município vizinho, a 71 quilômetros da Capital, na região conhecida como Capão Seco.

Lá, o passageiro sacou um revólver e fez o motorista refém. No Boletim de Ocorrência, o caminhoneiro conta que ficaram uma hora à espera do restante da quadrilha. As outras quatros pessoas chegaram em dois carros e uma motocicleta.

Durante todo o tempo, o refém esteve na mira do revólver e tinha ordem de não levantar a cabeça. Em seguida, o assaltante mandou que ele dirigisse até um posto na BR-163, sentido a Cuiabá.

No pátio do posto, o refém foi obrigado a desengatar a carreta da Scania. Depois, teve que entrar em um Fiat Uno da quadrilha. Ele foi libertado às 4h40 deste sábado na avenida Cônsul Assaf Trad, em Campo Grande. O refém só foi solto com a confirmação de que o veículo roubado estava a 20 quilômetros de Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai.

O roubo foi registrado na Depac Centro (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário). Na delegacia, a vítima, que não quis dar entrevista, teve reencontro emocionado com familiares.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions