A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/11/2012 07:40

Vítima persegue e quebra nariz de assaltante após ter a carteira roubada

Paula Maciulevicius

Um assaltante levou a pior na noite desta sexta-feira, depois de levar a carteira da vítima e tentar sair com o veículo, Ewerton Cleyton Mafra, 29 anos, não só acabou preso como teve o nariz quebrado pelo homem que assaltou.

A vítima estava no carro esperando a esposa sair da casa da mãe, na rua Dr. Temistócles, na região da Ferroviária, em Campo Grande, quando Ewerton chegou junto de mais dois homens e primeiro pediu um cigarro.

O rapaz disse que não tinha e em seguida Ewerton pediu então R$ 1 e anunciou o assalto armado com uma faca. Ele pediu a carteira e as chaves do veículo e na distração de Ewerton com a carteira, a vítima conseguiu passar para o banco do passageiro e sair correndo, levando consigo as chaves.

Vizinhos que viram a situação, acionaram a Polícia Militar, enquanto os bandidos entraram no veículo acreditando que as chaves estivessem na ignição. O trio fugiu ao ver que não poderia levar o carro e a vítima retornou ao veículo e começou a seguir Ewerton.

Ele acabou conseguindo pegar o assaltante na rua Antônio Maria Coelho e depois que ele já estava preso pela Polícia Militar, a vítima chutou o bandido que estava dentro do camburão. O resultado foi uma fratura no nariz.

Com Ewerton foi encontrada a faca e R$ 18, que ele negou ser do assalto, dizendo que o dinheiro já estava com ele. O assaltante foi encaminhado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.



É isso ai Valdir, amei a ideia do sal no lombo, mas se faltar o sal, põe açúcar e amarra perto de um formigueiro.
 
Hilda França em 17/11/2012 11:18:33
Pode apostar que os magnificos direitos humanos, ainda vao atras da vitima!!!!!!!!!!!!!!!Não pode bater no coitadinho do ladrao, é sempre assim, por isso que tem que matar logo todos que roubam, ai diminui um pouco.................
 
Lenita Santos em 17/11/2012 09:01:12
O cara "quebrou a cara" porque o assalto não deu certo, e ainda teve o nariz fraturado.
Isto é muito pouco, deveriam ter deixado os vizinhos "surrarem" o larápio, e depois o levariam para o "xadrez".
Se cada bandido levasse uma boa surra, depois tivesse o lombo lavado com sal grosso, ele nunca esqueceria deste corretivo.
Talvez ele lembrasse mais do corretivo que da cadeia.
 
VALDIR VILLA NOVA em 17/11/2012 08:37:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions