ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 35º

Capital

Vizinhos e PM quebram muro para socorrer mulher de casa pegando fogo

Minutos após vítima ser socorrida fogo se alastrou e destruiu residência

Por Ana Oshiro e Ana Beatriz Rodrigues | 24/07/2021 15:38

Maria Regina Nogueira, de 56 anos, aposentada, foi socorrida por vizinhos e pela Polícia Militar de dentro da casa que pegou fogo na tarde deste sábado (24), no bairro Jardim Veraneio, em Campo Grande. No vídeo acima os bombeiros trabalham no rescaldo no incêndio.

A casa foi completamente destruída pelas chamas, que, segundo Maria, começou debaixo do sofá, na sala da casa. Aos bombeiros ela contou que viu uma chama pequena no móvel, pegou um balde com água e tentou apagar, nesse momento as chamas se alastraram, ela foi para os fundos da residência pegar um balde maior, com mais água, mas quando retornou à sala as chamas já tinham tomado conta do cômodo.

Ivan Vítor, de 19 anos, é vizinho da vítima e foi o primeiro a perceber as chamas. "Ouvi um estralo, senti um cheiro forte fumaça e vim pra fora ver o que estava acontecendo, quando vi a fumaça preta comecei a pedir ajuda", contou Ivan para o Campo Grande News.

Buraco feito por vizinhos e policiais para salvarem vítima de incêndio (Foto: Ana Beatriz Rodrigues)
Buraco feito por vizinhos e policiais para salvarem vítima de incêndio (Foto: Ana Beatriz Rodrigues)

Outro vizinho, Wagner Oliveira de Queiroz, autônomo de 56 anos, ouviu os pedidos de socorro, pegou uma marreta e começou a quebrar o muro da casa junto com outros três vizinhos. O acesso foi feito pela lateral da casa de outro vizinho, já que as duas residências são germinadas.

A PM foi a primeira a chegar ao local, de acordo com o sargento Ronei de Lima, do 9º Batalhão da Polícia Militar, eles estavam em rondas na região, viram a fumaça alta e foram verificar. Ao verem os vizinhos quebrando o muro, começaram a ajudar no resgate da moradora.

Com um pano no rosto, os policiais e Wagner entraram na casa e retiraram a vítima à força. Segundo a polícia, ela não queria sair da casa e dizia "vai pegar fogo, vou perder minhas coisas, não posso sair".

Segundo testemunhas, poucos minutos depois que Maria foi retirada da casa o fogo tomou conta do local e tudo acabou queimado. Maria recebeu os primeiros socorros na calçada e em seguida foi transferida para o CRS (Centro Regional de Saúde) Nova Bahia, com crise hipertensiva causada pela inalação da fumaça.

No vídeo acima é possível ver como a casa ficou, completamente destruída. O dono da residência, Rodrigo Araújo da Silva, aposentado de 80 anos, contou ao Campo Grande News que não estava no local quando o fogo começou, e confessou ser acumulador. "Tudo que eu vejo na rua vou trazendo pra casa, eu sou acumulador mesmo", explicando a grande quantidade de materiais recicláveis e entulhos no local.

O Corpo de Bombeiros isolou a quadra para conseguir trabalhar melhor e apagar as chamas que ainda restam no local. Os militares pediram para as pessoas não ficarem no local porque a fumaça pode causar danos à saúde por ser tóxica. Até o momento foram usados 15 mil litros de água.

Maria estava trancada em casa pegando fogo e foi socorrida por vizinhos e PM (Foto: Ana Beatriz Rodrigues)
Maria estava trancada em casa pegando fogo e foi socorrida por vizinhos e PM (Foto: Ana Beatriz Rodrigues)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário