ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 17º

Capital

Voluntários revezam para produzir 15 mil bolos de pote de Santo Antônio

Neste ano serão distribuídas 2 mil alianças nos potes que serão entregues na sexta-feira (13)

Por Jéssica Fernandes e Geniffer Valeriano | 10/06/2024 12:23
Produção de bolo de Santo Antônio está em fase final na paróquia. (Foto: Henrique Kawaminami)
Produção de bolo de Santo Antônio está em fase final na paróquia. (Foto: Henrique Kawaminami)

A cozinha da Paróquia de Santo Antônio está movimentada com a produção do bolo de Santo Antônio. Das 7h às 22h, mais de 100 voluntários estão revezando para produzir e dividir os pedaços em potes. Neste ano, a paróquia pretende montar 15 mil potes e distribuir 2 mil alianças.  Em 2023, os fieis venderam 12 mil pedaços do disputado bolo do santo casamenteiro.

Na Rua 15 de novembro com a Avenida Calógeras, a igreja virou a segunda casa de quem está  desde terça-feira passada envolvido com a atividade. Fernanda Corrêa começou como voluntária há cinco anos na paróquia e, pelo segundo ano consecutivo, é coordenadora da produção.

Para ela é gratificante ficar na função e todos estão animados para finalizar a produção do bolo no dia 12. “É gratificante participar porque sou confeiteira de ofício e é muito bom servir na comunidade. Os voluntários ficam ansiosos também, é muito bom estar aqui”, destaca.

Para Fernanda Corrêa faz parte da produção do bolo é gratificante. (Foto: Henrique Kawaminami)
Para Fernanda Corrêa faz parte da produção do bolo é gratificante. (Foto: Henrique Kawaminami)

Na cozinha, os voluntários se dividem entre experientes e novatos. Jaqueline Otano, de 45 anos, participa pela primeira vez da tarefa. Servidora pública, ela está contribuindo nos horários de almoço e no fim do expediente.   “É tão bom que a gente tem vontade de ficar mais aqui. Esse é meu primeiro ano ajudando. Eu tinha vontade de servir em algo e acabei me encontrando aqui”, conta.

Sem experiência em confeitaria, Jaqueline já passou por todas etapas de confecção do bolo e hoje está responsável pela cobertura de chantilly. “Já aprendi um pouquinho mais do que sabia”, fala.

Enquanto ela ficava responsável pela cobertura, outras voluntárias preparam a massa à base pão de ló, o recheio de creme de confeiteiro e o de chocolate. Aos poucos, as massas eram recortadas em moldes redondos e depois recheadas. Só depois, os pedaços terminam nos potes. Ao todo estão sendo usados 250 quilos de farinha, 250 de açúcar e mais de cinco mil ovos.

Constance se emociona ao falar sobre trabalho voluntário. (Foto: Henrique Kawaminami)
Constance se emociona ao falar sobre trabalho voluntário. (Foto: Henrique Kawaminami)

Para quem tem fé no santo padroeiro da cidade é difícil não ficar emocionada em meio a esse processo. Constance Rezek, de 70 anos, viu de perto o milagre promovido por Santo Antônio. “Na época ela (filha) estava namorando e pediu uma forcinha para Santo Antônio. No mesmo ano ela encontrou a aliança e se casou ano passado”, comenta.

Após ver a filha se casar, Constance voltou a frequentar a paróquia querendo se voluntariar. “Foi quando comecei na produção de bolo”, relata. Emocionada, a voluntária espera o ano todo por esse período. “É lindo e emocionante, não tem explicação para o que sentimos”, frisa.

Suspense - Faltando dois dias para a entrega dos bolos, as alianças ainda não foram distribuídas nos potes. A quantidade de potes que já estão prontos é mantida em segredo e apenas o padre da paróquia sabe o número exato. Esse segredo, conforme voluntários, é para manter o suspense e gerar expectativa.

Na paróquia, grupo de mulheres integra equipe com mais de 100 voluntários. (Foto: Henrique Kawaminami)
Na paróquia, grupo de mulheres integra equipe com mais de 100 voluntários. (Foto: Henrique Kawaminami)

Quem quiser garantir um convite já pode procurar a paróquia Rua Travessa Lídia Baís, 29, Centro. As vendas estão sendo feitas diretamente na secretaria da igreja, das 7h30 às 17h30. O valor é R$ 10.

Já as entregas dos potes serão feitas na quinta-feira (13), das 6h30 às 13h na mesma rua pelo sistema drive-thru para quem for de carro ou moto. Caso a pessoa não faça a retirada nesse horário, a igreja voltará a vender o pote de bolo. Caso sobre bolo, os fieis irão levar para vender na Praça do Rádio Clube durante o 22º edição do Arraial de Santo Antônio.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias