A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

16/03/2015 17:27

Caravana da Saúde prevê 18 mil cirurgias em carretas super equipadas

Ricardo Campos Jr. e Juliene Katayama
Carretas estão equipadas para exames, consultas e cirurgias (Foto: Alcides Neto)Carretas estão equipadas para exames, consultas e cirurgias (Foto: Alcides Neto)
Também haverá atendimento oftalmológico (Foto: Alcides Neto)Também haverá atendimento oftalmológico (Foto: Alcides Neto)

O Governo de Mato Grosso do Sul prevê a realização de 18 mil cirurgias, em diversas especialidades, dentro dos caminhões equipados para levar atendimento de saúde para Campo Grande e 10 microrregiões do Estado. É uma das promessas de campanha que agora ganha o status de "menina dos olhos" do governo.

Além das operações, também serão feitas consultas, exames e ações educativas. O projeto, chamado Caravana da Saúde, foi lançado por Reinaldo Azambuja (PSDB) nesta segunda-feira (16) com a meta de acabar com a fila de espera pelos procedimentos.

Coxim será a primeira a receber os serviços, a partir do dia 29 de março. Os veículos ficarão no município por 15 dias. As pessoas deverão procurar as equipes itinerantes, agendar as consultas e, caso necessário, já fazem as intervenções cirúrgicas necessárias para correção dos problemas.

Super estrutura - A capacidade das carretas torna possível, pelo menos, 400 cirurgias ortopédicas, 500 cirurgias gerais, 16,5 mil cirurgias oftalmológicas, 500 cirurgias urológicas, 400 cirurgias otorrinolaringológicas e 500 cirurgias ginecológicas. “Isso é uma construção coletiva e que não visa apenas atender emergencialmente, mas dar continuidade para não ter filas de espera para atendimento médico”.

Também serão oferecidos exames básicos como IMC, glicemia, Papa Nicolau, HIV, pressão arterial, tipagem sanguínea, PSA, hepatites B e C, até mamografias, ultrassom, além de consultas nas áreas de dermatologia, odontologia, pediatria, neurologia, cardiologia, saúde do homem e saúde da mulher.

São ao todo 14 veículos que levarão 170 profissionais de saúde ao interior, históricamente deficiente na área de saúde.

A maioria das carretas foi adaptada pelo governo. Quatro caminhões com os aparatos para exames de vista e cirurgias de catarata pertencem ao Instituto dos Olhos Fábio Vieira e foram montados para um projeto que já percorreu outras cidades e agora, por meio de parceria com o Executivo, integrará a Caravana.

Vice-governadora e governador durante lançamento da Caravana da Saúde (Foto: Alcides Neto)Vice-governadora e governador durante lançamento da Caravana da Saúde (Foto: Alcides Neto)

Também acompanha o projeto o ônibus da Cassems de prevenção ao câncer de mama, a biblioteca itinerante do Sesc e o caminhão de saúde ocupacional da Fiems.

Além de Coxim e da Capital, a caravana passará por Ponta Porã, Paranaíba, Nova Andradina, Aquidauana, Três Lagoas, Dourados, Corumbá, Naviraí, Jardim. A ideia é que pessoas de municípios vizinhos vão até algumas destas localidades para serem atendidas.

O prefeito de Coxim, Aluízio São José (PSB), acompanhou a solenidade de lançamento do projeto. “A população cobra muitas melhorias na saúde e a Caravana vai ajudar a eliminar filas. Esse projeto mostra a preocupação do estado em avançar na regionalização da saúde. O estado vai deixar um legado”, diz.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions