A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

13/04/2015 18:29

Caravana realizou 10 mil atendimentos e 900 cirurgias em Coxim

Reinaldo comemorou os bons resultados na 1° edição do programa

Leonardo Rocha
Reinaldo ressaltou que 1° edição foi um sucesso, tendo 300 cirurgias a mais do que estava previsto em Coxim (Foto: Fernando Antunes)Reinaldo ressaltou que 1° edição foi um sucesso, tendo 300 cirurgias a mais do que estava previsto em Coxim (Foto: Fernando Antunes)
Governador revelou que na 2° edição em Ponta Porã, Caravana da Saúde ficará por 15 dias (Foto: Fernando Antunes)Governador revelou que na 2° edição em Ponta Porã, Caravana da Saúde ficará por 15 dias (Foto: Fernando Antunes)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) divulgou que foram 10,5 mil atendimentos e 900 cirurgias realizadas em Coxim, nos dias 28 e 29 de março, na primeira edição da Caravana da Saúde, o que representa 300 (cirurgias) a mais do que estava previsto. A 2° edição será em Ponta Porã, onde os trabalhos irão ser realizados por 15 dias.

“Tivemos muito sucesso nesta primeira edição e serviu de aprendizado, para melhorar os trabalhos na segunda (edição), que será no próximo dia 30, em Ponta Porã. Uma das alterações é que ficaremos na cidade por 15 dias, para dar mais tempo e tranquilidade a população”, destacou o tucano.

Reinaldo voltou a dizer que após os trabalhos da Caravana da Saúde, o objetivo é que a estrutura permaneça e os atendimentos sejam continuados. “Tivemos uma parceria feita com o prefeitura de Coxim que foi importante e deixamos na cidade um raio x digital, tomografia computadorizada, mamografia e outras demandas que vão contribuir”, disse ele.

O governador ponderou que pelos resultados atingidos nesta edição, o Estado deve ultrapassar as 18 mil cirurgias previstas para as 11 microrregiões, já que em Coxim, o número superou o previsto. “A Secretaria de Saúde e as demais estruturas trabalharam incansavelmente, se tiver alguma crítica, vamos ouvir e corrigir o defeito, mas não podemos esquecer o relato emocionante de quem estava na fila e foi atendido”.

Espera – O governador ainda anunciou que espera uma autorização do Ministério da Saúde para instalar todo aparato técnico disponível para a realização de hemodiálise, em Coxim, atendendo assim toda região norte, que chega a 90 mil pessoas. “O Ministério recomenda para 150 mil pessoas em diante, mas vamos fazer todo esforço necessário, para conseguir”.

O prefeito de Coxim, Aluízio São José (PSB), ressaltou que o governo enfrentou a situação da saúde com “prioridade” e atendeu uma demanda que estava reprimida no município. “Foram quase mil cirurgias, além do atendimento em outras áreas, que ajudou bastante a reduzir as filas, vamos buscar novas parcerias para que estas ações continuem em Coxim, com a busca por médicos especialistas”.

Aluízio revelou que existe a possibilidade de conseguir através de uma Associação de médicos da Santa Casa que está sendo montada. “Assim eles se colocariam a disposição para vir a nossa cidade, de acordo com um tempo combinado, e o financiamento poderia ser tripartite”, pontuou ele.

Pesquisa – Reinaldo ainda revelou que foi feito uma pesquisa pela Secretaria de Saúde, com 350 pessoas que foram atendidas, que revelou que 98% dos pacientes aprovaram os atendimentos na Caravana da Saúde.

O secretário estadual de Saúde, Nelson Tavares, ainda revelou que 93% aprovaram a estrutura montada, e 87% definiram o atendimento dos médicos como bom e ótimo. “As únicas reclamações foram em relação a busca por informações, que vamos melhorar para próxima edição”, disse Tavares.

Ponta Porã – Na segunda edição, que será dia 30 de abril, no município de Ponta Porã, a Caravana da Saúde ficará por 15 dias no local, para dar mais tempo aos atendimentos. “Além disto vamos disponibilizar mais 10 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), raio x digital, tomografia, para que a população de toda região tenha estes atendimentos”, disse o tucano.

Reinaldo ressaltou que as cirurgias serão feitas tanto em Ponta Porã, como em Amambai, com o objetivo de atender 8 municípios da região, que representam 200 mil pessoas. “Depois vamos continuar em frente, tendo Três Lagoas na 3° edição e depois percorrendo o restante do Estado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions