A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

03/01/2008 15:03

Catador diz que matou mulher após briga por R$ 5,00

Redação

Preso hoje depois de confessar ter matado a companheira, Luzia Moura Belarmino, 30 anos, o catador de papel Inocêncio Camargo Ortiz, conhecido como "Paraguaio", de 34 anos, disse ter cometido o crime durante uma briga que envolveu a disputa por R$ 5,00. A afirmação foi feita aos jornalistas e aos policiais.

Ortiz foi preso no jardim Los Angeles, fazendo o trabalho de capina de um terreno, próximo de onde o corpo de Luzia foi encontrado, pela manhã, com um ferimento na cabeça e outro na garganta, seminu. Ele foi preso em flagrante e indiciado por homicídio duplamente qualificado, crime que pode gerar condenação entre 12 e 30 anos. Depois de matar a companheira, com quem estava há um ano, Ortiz foi para a casa de dois amigos, e em seguida voltou para a própria residência, onde foi encontrado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions