A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/03/2011 23:51

Cocaína era jogada de avião em região turística de Mato Grosso do Sul

Paulo Fernandes

Entorpecente apreendido produziria 2,5 toneladas de cocaína.

Parte da droga era enterrada, acondicionada em tonéis; foram apreendidos 262 kg de pasta base de cocaína (foto: divulgação)Parte da droga era enterrada, acondicionada em tonéis; foram apreendidos 262 kg de pasta base de cocaína (foto: divulgação)
Maior parte da droga estava escondida em um fundo falso de um caminhão (foto: divulgação)Maior parte da droga estava escondida em um fundo falso de um caminhão (foto: divulgação)

A Delegacia da Polícia Federal de Ponta Porã divulgou há pouco fotos e detalhes da Operação Elba que prendeu nesta terça-feira oito pessoas (seis homens e duas mulheres) e apreendeu seis veículos e 262 kg de pasta base de cocaína.

Segundo a PF, a cocaína era transportada por avião de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, e arremessada em uma região entre Porto Murtinho e Bonito.

A droga era carregada pela quadrilha até uma chácara alugada pelo líder Vilson Antunes, de 48 anos, onde ela era enterrada ou escondida em veículos, que iriam para os estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

A PF de Ponta Porã teve apoio de policiais federais de Guaíra e Cascavel para desmantelar a quadrilha internacional de tráfico de drogas na região de Bonito.

Ainda segundo a polícia, Vilson Antunes, já era conhecido do Departamento da Polícia Federal, pois negociava, no passado, com o traficante Erineu Soligo, o Pingo. “Entretanto, os policiais não conseguiam provas contra Vilson, até seis meses atrás, quando as investigações foram iniciadas”, diz a PF.

Entre os detidos estão mãe e filha, de 47 e 29 anos, irmãos de 36 e 41 anos. Nenhum outro nome além de Vilson foi divulgado.

Cocaína era jogada de avião em região turística de Mato Grosso do Sul

A maior parte da droga encontrada estava escondida em um fundo falso de um caminhão, mas havia ainda entorpecente enterrado, acondicionado em tonéis, e escondido na mata.

Ainda segundo a PF, a quantidade de entorpecente apreendido seria suficiente para produzir mais de 2,5 toneladas de cocaína para consumo final.

Os presos estão na Delegacia da Polícia Federal de Ponta Porã à disposição da Justiça e aguardando transferência para estabelecimento prisional.

Pasta-base apreendida pela PF seria levada para São Paulo e Rio Grande do Sul
Operação apreendeu 250 quilos da droga em Bonito e JardimA polícia federal prendeu durante a "Operação Elba”, realizada esta manhã em Bonito e Jardi...
Operação da PF já apreendeu 100 quilos de cocaína e prendeu 5
A operação da Polícia Federal, desencadeada desde a manhã desta terça-feira, nos municípios de Bonito e Jardim, já apreendeu 100 quilos de cocaína e ...
PF faz operação em Bonito e Jardim contra o tráfico de drogas
Há prisões e apreensõesA PF (Polícia Federal) faz nesta terça-feira em Bonito e Jardim, regiões turísticas de Mato Grosso do Sul, operação contra o ...


pena que a lei não permite !! mas deveria mostrar para sociedade a cara destes marginais,seria uma maneira dos cidadões de bem se protegerem.
 
vitor rojas em 30/03/2011 12:39:47
E A PRESIDENTE DILMA AINDA CORTA OS GASTOS DA POLÍCIA FEDERAL! QUER FAVORECER OS CRIMINOSOS MESMO!
 
Marco Antonio em 30/03/2011 09:56:17
A Policia Federal tem que entrar na prefeitura de Bonito e investigar as verbas que vem pra nossa cidade. Aposto que encontraram muitas coisas erradas.
 
Fabio Martins em 30/03/2011 03:30:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions