A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

13/01/2014 11:00

Com Bonito sendo o 4º maior destino, Agepan vai focar turismo em 2014

Leonardo Rocha
Youssif diz que prioridade será com fiscalização do turismo em 2014 (Foto: Arquivo)Youssif diz que prioridade será com fiscalização do turismo em 2014 (Foto: Arquivo)

A Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul) irá focar suas ações na fiscalização do turismo no Estado em 2014. Esta preocupação maior é em função do período da Copa da Mundo, onde a cidade de Bonito poderá ser a quarta mais requisitada do país.

O diretor-presidente Youssif Domingos ressaltou que a fiscalização em relação as empresas que realizam o transporte intermunicipal, para que estejam com condições e infraestrutura necessária para atender este público.

“Nós atuamos em vários pontos do Estado, temos este ano a Copa do Mundo que vai trazer vários turistas para o Estado, em especial a cidade de Bonito, temos que estar preparados para isto, e que as empresas (transportes) estejam com boas condições”.

Youssif também ressaltou a preocupação com os transportes clandestinos que precisam ser fiscalizados e coibidos em todo Estado. “Temos um apoio das companhias de trânsito das cidades do interior, mas temos que ficar atentos para esta movimentação”.

O diretor ainda ressaltou aos usuários que deixem de utilizam este transporte irregular, já que colocam suas vidas em risco. “Não tem porque se colocar nesta situação de perigo, já que estes veículos não atendem aos requisitos necessários”.

Situação – Em relação a taxistas que estavam fazendo o transporte intermunicipal, Youssif diz que já repassou a situação e possíveis acordos para o governador André Puccinelli (PMDB), no entanto adiantou que ele vai decidir que decreto será feito.

Reforço – Para reforçar a fiscalização do transporte rodoviário, o governo estadual, através de doação do Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária, Animal e Vegetal) disponibilizou quatro novos veículos para Agepan.

O reforço consiste em duas caminhonetes Volkswagen Amarok 2.0, 4x4, cabine dupla, zero quilômetros, e duas Picapes Mitsubishi L200, cabine dupla.

“Estes veículos irão nos auxiliar nesta tarefa de fiscalizar o transporte nas rodovias, para evitar situações irregulares que descumpram as regras estabelecidas pela legislação, será um reforço importante”, ressaltou Domingos.

Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...


Parabéns Sr Youssif Domingos pela dedicação no combate ao transporte clandestino. A atuação da Agencia através de seus fiscais é primordial para a segurança dos turistas e/ou passageiros que utilizam dos meios de transporte disponíveis. Àqueles que pretendem prestar este tipo de serviço, oriento procurar a AGEPAN e saber das normas pertinentes a este transporte; antes de associar-se à uma cooperativa procure saber a situação da mesma junto ao órgão fiscalizador: a Agepan.
 
Antonio Cláudio Duarte Mendes em 13/01/2014 21:40:52
Muito bom ,
precisa arrumar as estradas de acessos as pousadas e .... ecoturismo

Bodoquena , Jardim ....
 
Leda Brum em 13/01/2014 16:07:34
E o que a Agepan fazia antes? Nada... Cabide de cargos de confianca
 
Marcos Paulo em 13/01/2014 14:51:53
Parabéns pela iniciativa. Dr Youssif sempre foi sério e trabalhador. Nós aqui de Bonito e de todo Estado agradecemos.
 
Francisco Alves Nogueira em 13/01/2014 12:24:53
Baseado no assunto turismo, gostaria de ressaltar o abandono total da MS - 345, que liga a Anastácio à Bonito, sendo a rota mais curta de acesso da capital à Bonito. O abandono se deve as más condições da estrada (de terra), onde muitas vezes se encontra praticamente intransitável, ocorrendo também ocasionalmente a queda de pontes, o que atrapalha completamente o fluxo. Gostaria de saber qual a posição do governo, por se tratar de uma rodovia estadual, em relação ao descaso da mesma, conto com a colaboração de vocês!
 
Ramão da Silva Franco em 13/01/2014 12:05:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions