A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

21/08/2009 14:38

Com empréstimo do Banco Mundial, MS terá US$ 300 milhões

Redação

O Governo estadual anunciou, hoje, mais um valor para o financiamento a ser liberado pelo Bird (Banco Mundial). De acordo com a assessoria, o total do empréstimo será de US$ 375 milhões, o que significará investimento de R$ 682 milhões, na cotação oficial do dólar comercial desta sexta-feira.

O governador André Puccinelli (PMDB) espera obter o aval do banco e do Senado federal logo para anunciar as obras. Serão US$ 300 milhões em dinheiro a ser liberado pela instituição financeira e mais US$ 75 milhões de contrapartida.

Segundo a assessoria do Governo, o governador apresentou à equipe do banco oito projetos prioritários para o desenvolvimento do Estado. As obras que serão executadas pelo financiamento não foram divulgados pelo Governo estadual.

Segundo o secretário estadual de Obras, Edson Giroto, o Estado conta com 3,3 mil quilômetros de rodovias pavimentadas que estão em péssimas condições. Outros 16 mil quilômetros são de estradas sem asfalto.

"Esse programa do banco vai possibilitar que o Estado se desenvolva, tanto na região Norte como na região Centro, Centro-sul", explicou o secretário de Obras, que acompanhou reunião da equipe do Banco Mundial com o governador André Puccinelli (PMDB) nesta sexta-feira na Governadoria.

"A visita é técnica. Estamos com uma impressão muito boa em relação à visão do Governo no desenvolvimento do Estado. Também ficamos bastante impressionados pela qualidade e potencialidade do governo e achamos que serão atributos chaves para permitir um deslanchamento rápido da parceria com o Banco Mundial", teria afirmado o especialista de Transporte Sênior do Banco Mundial e Co-líder da operação, Aymeric Meyer, de acordo com a assessoria do Estado.

Na reunião, o governador apresentou à equipe do Bird os oito projetos prioritários para o desenvolvimento do Estado e a importância das rodovias para o setor produtivo. "O contrato deve se realizar de março a maio do ano que vem", afirmou o governador, confirmando informação já antecipada ao Campo Grande News.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions