A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

03/09/2018 19:03

Com flagrante de até 194 km/h, mês teve 16 mil multas e redução de acidentes

Segundo a PRF, agosto teve 47 acidente a menos que o mesmo período de 2017. Em relação as mortes em acidentes, foram 12 vítimas fatais em 2017 e 8 neste ano, uma diminuição de -33,33%.

Adriano Fernandes
Veículo importado trafegava a 193 Km/h em rodovia do Estado. (Foto: Divulgação PRF) Veículo importado trafegava a 193 Km/h em rodovia do Estado. (Foto: Divulgação PRF)

Apesar de um aumento no número de multas emitidas pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) durante todo o mês de agosto em Mato Grosso do Sul, também houve diminuição no número de acidentes com vítimas fatais, se comparado ao mesmo período de 2017.

Conforme dados divulgados pelo órgão, nesta segunda-feira (03), o número de autuações por excesso de velocidade dobrou em comparação com a média dos últimos 12 meses. Ao todo foram mais de 16 mil multas registradas por excesso de velocidade.

Reflexo da intensificação no monitoramento com o uso de radares, principalmente, durante a noite e que registraram situações alarmantes. Uma equipe da PRF flagrou um veículo que trafegava a uma velocidade de 158 km/h na BR-267 às 20h15.

Já durante o dia, um veículo GM/Cruze trafegava a uma velocidade de 194 km/h. Outro veículo importado também seguia a 193 Km/h. A quantidade de horas em que os radares operaram saltou de de 364h por 719h.

Os acidentes nas rodovias federais do Estado, no mesmo período (agosto), diminuíram em relação a 2017 que teve 160 acidentes. Já em 2018, foram contabilizados 113 acidentes, uma diminuição de -29,38%.

No ano passado foram registrados 35 acidentes graves e, comparado com o mesmo período de 2018 a redução foi de -31,43%, entorno de 24 acidentes graves no total. Em relação as mortes, foram 12 vítimas fatais em 2017 e 8 neste ano, uma diminuição de -33,33%.

Segundo a PRF o excesso de velocidade ainda continua sendo o principal causador de acidentes de trânsito nas estradas do Estado. “O fato de encontrarmos em uma só operação um veículo a 194 km/h e um ônibus escolar em excesso de velocidade, demonstram o verdadeiro responsável pelos acidentes e mortes no nosso trânsito: a imprudência dos nossos condutores”, explica o Inspetor Tércio Baggio, da PRF.

Último sorteio da Mega-Sena na semana pode pagar até R$ 22 milhões
O sorteio deste sábado (22) da Mega-Sena pode pagar até R$ 22 milhões para um ou mais acertadores que marcarem a seis dezenas premiadas do prêmio.  E...
MEC quer programa para ocupar vagas ociosas em universidades públicas
O Ministério da Educação (MEC) estuda criar ainda este ano uma nova modalidade do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), chamada Sisu Transferência, vo...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions