A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

30/10/2009 07:56

Com salários atrasados, professores de escola param

Redação

Seis professores da escola Pastor Hilário Colognese, de educação infantil, localizada no Guanandi, deflagraram greve ontem por falta de pagamento de salários referentes a três meses.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino no Mato Grosso do Sul, Ricardo Martinez Froes, afirma que hoje de manhã a diretoria de recursos humanos da Associação que dirige a escola apresentou a proposta de quitar os salários de agosto para que os professores retornem às salas de aula e depois seja negociado o restante.

Os professores vão se reunir e avaliar a proposta. As aulas estão mantidas com professores substitutos. Em contato por telefone o Campo Grande News foi informado por funcionários que os responsáveis pelo estabelecimento só estarão no local no período da tarde.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions