A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

05/03/2009 07:56

Comerciantes alegam que Lei da Calçada gera desemprego

Redação

Comerciantes alegam que a Lei que limita a utilização de calçadas por bares de Campo Grande está gerando desemprego. Segundo o setor, a fiscalização foi intensificada nas últimas duas semanas.

Empresários, que preferem não se identificar, temendo represálias, alegam que para adequar ao espaço menor para mesas e cadeiras precisam diminuir o pessoal contratado. "Eles multam e não querem nem saber. Aí a gente é obrigado a demitir pois não agüentamos", diz um deles.

Ele defende que deveria haver tempo para adequação. Para o empresário a prefeitura não consultou os envolvidos e está agindo de forma unilateral.

Para José Gilberto Petinari, presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Campo Grande, é necessário debater uma regulamentação da lei, uma modificação com mais liberdade para adequação. "

Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions