A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

09/02/2010 12:41

Contra pesca irregular, PMA fica de olho nos foliões

Redação

A partir desta quinta-feira (11), será deflagrada pela PMA (Polícia Militar Ambiental) a Operação Carnaval com reforço no policiamento em Corumbá e Porto Murtinho e em outras cidades com tradição carnavalesca, que receberão maior número de turistas, como Bonito, Jardim, Coxim, Aquidauana e Miranda.

O reforço vem da sede (Campo Grande) e de outras unidades em cidades que não receberão tantos turistas. Na calha do rio Paraguai está permitido somente o pesque-e-solte.

A Operação Carnaval vai contar com 90% do efetivo, com 340 homens envolvidos na operação. Durante o carnaval, os policiais militares não terão férias regulamentares.

Como a pesca permanece proibida na bacia do rio Paraná até o dia 28 de fevereiro, haverá reforço do contingente também em Bataguassu, Aparecida do Taboado, Batayporã e Três Lagoas, além dos postos fixos das Cachoeiras do rio Anhanduí, em Bataguassu, Rio Verde, em Água Clara e Salto do Pirapó, em Juti.

Esse aumento de efetivo também acontece nos outros oito postos localizados nas cachoeiras e corredeiras.

Duas equipes da sede também vão fazer fiscalização itinerante, sem área definida, exercendo serviços de barreiras e fiscalização fluvial.

Quem fizer pesca irregular poderá ser condenado a de um a três anos de detenção, além de ter todo o material de pesca, motor de popa, barcos e veículos utilizados na infração apreendidos. Tudo isso acrescido de multa administrativa que pode chegar a R$ 100 mil, além de R$ 20,00 por quilo do pescado irregular.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions