ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  24    CAMPO GRANDE 23º

Cidades

Corrente de comércio entre Brasil e Paraguai cresceu 60%

Por Redação | 03/05/2010 15:06

O comércio entre o Brasil e Paraguai aumentou 60%, apesar da crise econômica mundial. A balança comercial brasileira registrou um superávit (exportações menos importações) de US$ 1,28 bilhão em abril deste ano, informou nesta segunda-feira o MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior).

As informações foram repassadas pelo secretário executivo do MDIC, Ivan Ramalho, durante o seminário: "Brasil Paraguai: Perspectivas de Comércio e Investimento na Fronteira", em Ponta Porã.

O evento contou com a presença dos presidentes Fernando Lugo e Luis Inácio Lula da Silva.

Durante sua fala, Ramalho, lembrou que não só as exportações brasileiras para países da América do Sul estão crescendo, mas também as importações do Paraguai para o Brasil.

Isso demonstra a retomada das relações comerciais após a crise econômica mundial de 2009. "Em 2010, há muitos investimentos brasileiros sendo considerados para estimular a cooperação industrial no Paraguai, por exemplo, o que pode refletir de maneira positiva na fronteira e estimular o comércio na região", ressaltou o secretário.

O ministro de Indústria e Comércio do Paraguai, Don Francisco Rivas, acredita nas iniciativas de integração produtiva entre Paraguai e Brasil, considerando a existência de recursos econômicos e naturais, a exemplo das hidrovias e potencial energético.

Como exemplo, Rivas falou da grande oportunidade para os empresários brasileiros para atuar na distribuição de energia elétrica gerada por Itaipu.

A abertura do evento também contou com as presenças, na mesa de honra, do ministro Norton de Andrade Rapesta, diretor do Departamento de Promoção Comercial e Investimento do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, e do diretor superintendente do Sebrae Mato Grosso do Sul, Cláudio George Mendonça.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário