A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

15/03/2010 17:34

Cruzamentos da Capital deixam pedestres em segundo plano

Redação

Calçadas quebradas, acessibilidade fora do padrão e semáforos que não respeitam a passagem de quem atravessa as ruas. Andar pelo Centro de Campo Grande tornou-se uma aventura arriscada para pedestres, colocados em segundo plano em uma cidade que cada vez mais preza pelos carros.

Maria Aparecida Pacheco fica apreensiva antes de atravessar a Rua 14 de Julho pela Afonso Pena. O semáforo está fechado para os carros que cruzam a avenida. Mas os veículos que dobram a esquina têm preferência. Em nenhum momento o sinal dá uma trégua para quem quer chegar ao outro lado. Quando um motorista ajuda, ela atravessa correndo, de mãos dadas com a neta.

"Todo dia tenho que correr nesse cruzamento. Porque fecha um sinal e abre outro e no fim o pedestre que se vire. E os idosos, devem correr também?", se indigna Maria.

A sina se estende a todos os semáforos do Centro de Campo Grande. Em nenhum deles está disponível um tempo de passagem exclusivo para os pedestres. Correria é o que se vê o tempo todo nos cruzamentos. E a maratona não é exclusiva de gente jovem.

"Eu tenho de correr né, senão os motoristas passam em cima.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions