A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

02/07/2009 11:11

Curso do CRF orienta vendedores de raízes na Capital

Redação

O CRF (Conselho Regional de Farmácia) está oferecendo esta semana curso para vendedores de raízes, explicando as propriedades medicinais e técnicas adequadas para coleta destas plantas. O curso atende pedido da Funsat (Fundação Social do Trabalho), segundo a entidade e é ministrado de forma gratuita até esta quinta-feira no Mercado Municipal.

O presidente do Conselho, Ronaldo Abrão, explica que a utilização de ervas no tratamento de doenças já faz parte da rotina das pessoas, entretanto, algumas plantas exigem atenção especial quanto à coleta, conservação e até os melhores momentos para utilização.

"A utilização de ervas medicinais é uma tendência mundial dos povos desde milênios antes de Cristo e que a ciência busca cada vez mais alternativa para o tratamento e prevenção de diversas doenças por meio das plantas", afirma Abrão.

Hoje só duas plantas medicinais têm uso regulamentado pelo Ministério da Saúde e liberadas para uso no SUS: guaco e espinheira santa. Folhas de guaco são usadas como xarope para tosse e como expectorante e a espinheira santa é usada para tratamento de gastrite e úlceras estomacais.

"Este é um primeiro passo para melhorar o serviço prestado à população. O uso de plantas medicinais é cultural e a venda feita por qualquer pessoa, o que dificulta o controle. Optamos por levar conhecimentos não só sobre o uso das plantas mas principalmente sobre os riscos de algumas delas causarem mal à saúde. O confrei, por exemplo, usado como chá, devemos ressaltar que esta planta é tóxica para o fígado, no entanto, é excelente para uso externo como cicatrizante", destaca Abrão.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions