A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

08/08/2013 11:40

De diarista a estelionatária, mulher adquire R$ 24 mil com quatro golpes

Graziela Rezende
Diarista se passava por aposentadas. Foto: Cleber Gellio.Diarista se passava por aposentadas. Foto: Cleber Gellio.

A facilidade para adquirir R$ 24,9 mil em dois meses, moveu a diarista Ivete Pádua dos Santos, 62 anos, a entrar no “mundo do crime”. Com documentos falsos em mãos, ela fingiu ser aposentada e solicitou empréstimos em quatro financeiras da Capital, adquirindo R$ 9 mil, R$ 6 mil, R$ 5 mil e R$ 4,9 mil, no período de dois meses.

Segundo Ivete, a proposta para “o negócio” veio de uma vizinha, moradora da Vila Margarida, que ela chama de Ana Maria.

“Ela afirma que esta pessoa lhe ofereceu um financiamento e com isso tirou a foto dela. No outro dia, ambas se encontraram e Ivete recebeu um RG, com a sua foto, porém com o nome de outra pessoa. Ela então pegou o documento e se dirigiu às lojas da avenida Calógeras, 15 de Novembro e 14 de Julho e pediu o dinheiro”, conta o delegado Miguel Said.

Como o primeiro empréstimo deu certo, Ivete disse à polícia que montou um “esquema” com a outra envolvida.

“Ela entregou outros documentos de vítimas, porém novamente com a foto da Ivete, que fazia os empréstimos e recebia R$ 150 a cada operação. Uma das vítimas, Dalvina de Paula Menezes, moradora de Paranaíba, foi a uma loja e descobriu o golpe”, conta o delegado Said.

Após o registro da ocorrência por parte de Dalvina, o dono do comércio pediu a investigação por parte da 1ª Delegacia de Polícia. “Acreditamos que ela esteja aplicando o golpe desde abril, principalmente por conta do dinheiro fácil. Ainda não dá para saber se Ivete agiu sozinha e se existe mesmo essa Ana Maria. Porém, com as investigações, já temos mais dois suspeitos”, garante o delegado.

 

Empréstimo totalizaram R$ 24,9 mil. Foto: Cleber GellioEmpréstimo totalizaram R$ 24,9 mil. Foto: Cleber Gellio
Delegado fala das investigações. Foto: Cleber Gellio.Delegado fala das investigações. Foto: Cleber Gellio.

Ivete, que não possuía antecedentes criminais, será indiciada por estelionato e falsidade ideológica. A pena para o primeiro crime é de 1 a 4 anos de reclusão. Já o segundo é de 1 a 5 anos.

Cuidados: Por conta desse golpe e outros que se tornaram recorrente em Campo Grande, o delegado pede que empresas de empréstimo consignado façam checagens, exigindo o maior número de documentos possível e inclusive checando o endereço do tomador do empréstimo.



Não foi a financeira q agiu de má fé.
Os estelionatários agem assim, alguém diria que uma Senhora assim portando documentos estaria agindo de má fé?? Fingindo ser outra pessoa?
Ela não deve ter planejado tudo isso sozinha. Alguém planeja e usa os idosos de laranja, não que ela não tenha culpa, mas não tem culpa sozinha.
 
Silvia Silva em 09/08/2013 16:32:38
Vejo pelos comentários que faltam informações a população. O consignado comparando com outras modalidades de crédito é a que tem a menor taxa de juros. Bom seria que o aposentado não precisasse recorrer a isso, que o seu salário desse para prover suas despesas, ou que qdo ocorresse de realmente precisar que os filhos pudessem ajudar.
O Consignado não é feito apenas para idosos, mas também para pensionistas e servidores públicos.
É triste ver esta Senhora presa por conta disso.. que tenha se sujeitado a isso.
 
Silvia Silva em 09/08/2013 12:41:02
Não é necessário acabar com empréstimos consignados, apelas é necessário que o aposentado ou pensionista crie a senha para retirar o detalhamento, pois com essa senha ninguém tem acesso ao extrato do inss do aposentado.
outra dica é que os aposentados liguem no 135 e solicitem o bloqueio para empréstimo, e quando eles precisarem eles desbloqueiam. SIMPLES E FÁCIL.
Essa Mulher veio aqui na nossa financeira também, porem o banco oferece uma ferramenta que consegue detectar RG falso, e ela não teve sucesso aqui, porem não conseguimos pegar a mesma, pq ela não quis mais voltar a loja. Mas que bom que ela foi presa, pq isso não se faz com ninguém. bando de preguiçosos que não tem coragem de acorda cedo pra trabalha !!
 
Camila Bilibiu em 08/08/2013 16:54:29
SERIA TRÁGICO SE NÃO FOSSE CÔMICO, A FINANCEIRA ACHOU QUE IA SE DA BEM NAS CUTAS DESSAS SENHORA E QUASE QUE O TIRO SAI PELA CULATRA!!!!!!
 
CRIS. ALVES em 08/08/2013 16:48:11
Fique tranquila D. Ivete, a Srª é ré primaria e estamos no Brasil, vai dar em uma condenação mas a Sra. não passará dia algum na cadeia. Afinal aqui o crime compensa!
 
JOAO PEDRO em 08/08/2013 14:30:56
As financeiras querem emprestar dinheiro de qualquer forma e acabam pagando literalmente caro por isso.
 
Tereza Cunha em 08/08/2013 14:05:43
O INSS TINHA QUE ACABAR COM ESSES EMPRESTIMOS
CONSIGNADOS ESTA FALINDO OS APOSENTADOS ATE FILHOS
ESTAO DANDO GOLPE NELES SENHORES PROMOTORES E DEFENSORES
VAMOS ACABAR COM ESSA FARRA DE EMPRESTIMO CONSGNADOS
ESSES EMPRESAS DE EMPRESTIMOS SABEM QUE E GOLPE MAIS O QUE
IMPORTA E O LUCRO SE DEPOIS DA XABU NAO SERA PROBLEMAS DELES.
NÃO FIQUEM SO FALANDO TOMEM UMA ATITUDE.PELO AMOR DE DEUS
OU AOS SEUS PAIS.
 
ELIANA KINJO em 08/08/2013 13:09:14
KKK, agora muitas das empresas de empréstimo estão provando do próprio veneno. Uma amiga do Iracy Coelho, havia feito empréstimo em uma determinada empresa, pagou tudo e achou que ficaria sossegada, mas nada, no mesmo ano, para surpresa sua, apareceu um novo empréstimo que a mesma não havia feito, ela foi ao procom e brigou por seus direitos, o juíz mandou a empresa devolver o montante e parar de cobrar, mas até hoje ainda não obedeceram, ela está com o nome no SPC, e vive sendo intimada para ir ao procom de novo.
 
Angélica Nunes Dourado em 08/08/2013 12:43:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions