A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

31/10/2013 11:16

De pichação até ser assaltado 25 vezes, morador cobra e PM faz ação

Graziela Rezende
Moradores fizeram inúmeras reivindicações. Foto: Cleber GellioMoradores fizeram inúmeras reivindicações. Foto: Cleber Gellio

Moradores do Jardim Los Angeles e entorno cansados do alto índice de roubos, vandalismo, pichações e até da presença de usuários de drogas apresentaram, em reunião hoje de manhã (31), o cansaço e a insatisfação com onda de violência na região. Eles tiveram a oportunidade de falar diretamente com o comandante geral da Polícia Militar, coronel Carlos Alberto David dos Santos, que ouviu as dezenas de reclamações e prometeu uma ação enérgica no combate ao crime a partir de amanhã, 1° do mês de novembro.

“A situação que estamos vivendo aqui não é vida. E quem sente isso na pele sou eu, que sofri 25 assaltos e não vejo mais a presença constante de viaturas. Só quem tem um revólver apontado para a cabeça, que pode disparar a qualquer momento, sabe do que estou falando. O Estado tem uma arrecadação, inclusive para segurança, então esse é um basta e queremos uma solução das autoridades”, fala, emocionada, a empresária Darlene Santana Barbosa, 52 anos.

Sobre a avenida dos Cafezais, onde recentemente ocorreu uma morte por imprudência no trânsito, eles consideram “semelhante ao autódromo”. “Perdi clientes assíduos e que eram meus amigos pessoais por conta de acidentes nesta avenida. Eram pessoas idôneas, trabalhadoras, mortas por conta de embriagados e também pessoas que saem para fazer desordem”, afirma Barbosa.

Dono de uma barbearia no bairro Mário Covas há quatro meses e morador da região há seis anos, Jadson Yamasaki, 31 anos, diz ser testemunha da falta de policiamento e descaso na área da saúde. “As autoridades estão deixando muito a desejar na região. Durante o dia, aparentemente há tranquilidade, porém a noite evito até ir à pizzaria, aonde ia frequentemente, por conta de assaltos”, comenta Yamasaki.

Outra reivindicação, de quem percorre as ruas do Los Angeles como agente comunitária de saúde, é da Neide Zaguini Coelho, 56 anos. “Está ocorrendo há dois meses, na rua Afonso Celso, um baile funk que está tirando o sossego de todo mundo que trabalha e precisa descansar. Acontece aos sábados e a algazarra é enorme, com adolescentes usando drogas, pessoas embriagadas quebrando os comércios próximos e o 190 nunca manda ninguém”, fala Coelho.

A funcionária pública aposentada Luzimar Gonçales Vargas, 61 anos, fala que, não só pelo barulho, o baile funk também traz a presença de vândalos para a região. “É um perigo chegar um pouco mais tarde em casa, porque os carros ficam na frente, impedindo a passagem e qualquer discussão acaba em tiros. Não era assim há três anos, quando a presença da PM era constante, porém acabou a paz e os marginais estão voltando”, lamenta Vargas.

Nas vias principais, eles pedem redutores de velocidade, algo que eles garantem já ter sido solicitado em 10 ofícios enviados à prefeitura. Já a diretora da escola Valdete Rosa, no Jardim das Meninas, pediu um maior policiamento no horário de entrada e saída dos alunos, para diminuir o índice de roubos.

Força-tarefa – De acordo com as reivindicações, o Coronel David prometeu atender aos moradores. “Vamos fazer uma ação ostensiva da Polícia Militar no local, com planejamento. Sobre o bailes funk, algo que sou contra, temos que entender que existe primeiro uma autorização prévia para o funcionamento, então iremos tentar exigir as documentações para impedir festas ao ar livre”, comenta o comandante.

Sobre o grande número de usuário de drogas, muitos são “conhecidos” da Polícia. “Muitas vezes nosso militares levam um usuário para a delegacia e ele não permanece preso. Não é culpa da Polícia, nem do delegado, mas de uma lei frouxa que não mantém presas estas pessoas, gerando o consumo desenfreado e, em consequência, os furtos e outros crimes”, finaliza.

Comandante ouviu reivindicações e fará ação no bairro. Foto: Cleber GellioComandante ouviu reivindicações e fará ação no bairro. Foto: Cleber Gellio
Policiamento ostensivo será realizado. Foto: Cleber GellioPoliciamento ostensivo será realizado. Foto: Cleber Gellio
Começa na segunda-feira prazo para alunos da UEMS fazerem rematrícula
Quem já é aluno da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) tem prazo de segunda-feira, 22 de janeiro, até a 3 de fevereiro para confirmar ...
Capes recebe até esta sexta-feira inscrições a 400 bolsas de estudo
A Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) recebe até amanhã (19) inscrições para programas no exterior. São 400 vagas dis...


Excelente posicionamento de nossa honrosa policia militar! São de atitudes como a do nosso nobre Cel. David que precisamos em nosso Estado.Mas fica uma perguntinha!!! Esta senhora com uniforme de funcionário da SESAU, em horário de expediente participando desta reunião, ela deveria estar exercendo sua função, da qual pagamos através dos impostos!Depois os agentes de saúde do Jd. Los Angeles querem exigir, sendo que uma de suas colegas de trabalho, no horário do expediente esta cumprindo outros afazeres que não a sua obrigação!!! N Um desrespeito com nossa Constituição Federal em seu Art. 37. Onde é tácita os principios do sevidor publico em qualquer esfera: Legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.
 
Joao Carlos Saldanha em 31/10/2013 17:27:52
Pessoal, eu também sou municípe,pago os meus impostos como todos os demais.. no entanto, felizmente ainda não vivi uma situação como essa, conforme as denúncias feitas por pessoas que já enfrentaram esse problema... mas, uma vez mais, eu reafirmo aqui, que o problema, não é pela falta de Policiais. O PROBLEMA É QUANTO A APLICAÇÃO DAS VELHAS E ULTRAPASADAS LEIS BRASILEIRAS. Quem toca as músicas de funk, são os tais jovens que sabem que não poderão ser presos; quem faz os "rachas", sabem que pagando fianças, serão soltos... basta vermos quantos bandidos estão soltos, nessa época por exemplo, com o tal indulto de Finados, depois do Natal e com isso, abandidagem aproveita. Reiteiro aqui de novo e novamente (rsrs) os meus parabéns à PM.. à Civil.. culpada é a justiça isso sim!
 
Gilson Giordano em 31/10/2013 14:40:19
Pelo menos traz um pouco de esperança aos moradores das comunidades do Maio Covas, Paulo Coelho Machado, Canguru e outros, com a promessa de que haverá providências por parte das autoridades. Parabens às pessoas que estão na luta pela melhoria da região.
 
João Carlos de Rezende em 31/10/2013 13:05:45
A população não sabe ou se faz de desinformado na hora de reclamar. Sempre vemos reportagens e vemos nas ruas o trabalhos dos policiais agindo de forma a diminuir o crime, mas depois que a polícia prende o juíz solta o criminoso, com isso a população acha que foi a polícia que mandou o criminoso para rua e todo o trabalho do policial foi feito à-toa. O povo tem que entender que polícia prende(policial não outorga soltura) e juíz solta(alguém ja viu juíz fazendo ronda ou em batida-policial). O problema piora porque a polícia não pode dizer em público(para não sofrer retaliação dos magistrados e políticos) que a culpa do aumento do crime são os mesmos. Reclamem sim, com magistrados e políticos!
 
Alexandre de Souza em 31/10/2013 13:03:35
Maravilha heiN!! Iss é ótimo. Tenho pena dos moradores porque conforme já falei aqui anteriormente, passamos por situação parecida com essa no bairro Santo Eugenio num local mais conhecido como baixada. Na rua bismarque (esquina com paraisopolis), os carros tocando funk no mais alto volume acaba com o sossego, e a bebedeira, uso de drogas é comum, dá medo sim sair nas ruas...a rua do córrego é ponto de vendas, encontros e etc...bem aos olhos de quem quer ver...190 quando eles tem uma viatura que pode passar por lá, dá sim uma "acalmada" eles somem dali por um tempo, mas voltam porque sabem que nao dura a visita dos policiais...e quanto a lei do silencio?? eles deveriam ter poder de multar e até levar o som do carro...REVOLTA"""
 
Maria da Graça em 31/10/2013 12:05:08
Muito Feliz com essa ação da policia na região.Muito necessária.
 
katia maria em 31/10/2013 11:48:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions