ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, QUARTA  25    CAMPO GRANDE 26º

Cidades

Defensoria orienta sobre Débito Direto Automático

Por Redação | 20/10/2009 11:52

Desde ontem tiveram início em todo o País as operações de Débito Direto Autorizado e a Defensoria Pública Estadual emitiu uma nota de orientação ao consumidor.

O serviço eletrônico de apresentação de boletos foi criado pela Federação Brasileira de Bancos com objetivo de facilitar o controle de contas a pagar.

O Defensor Público Guilherme Cambraia de Oliveira, do Núcleo de Defesa do Consumidor da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso do Sul, explica que o novo serviço é facultativo e não permite o pagamento de tributos e serviços públicos, como água, luz, telefone e gás. Poderão ser pagos eletronicamente mensalidade escolar, prestação de veículo, cartão de crédito e taxas, como por exemplo, relativas a condomínio.

"O boleto será gerado eletronicamente e ficará disponível no terminal de auto-atendimento, internet e por telefone. Porém para pagar será necessário fazer um comando de autorização, pois o DDA não é débito automático", afirma o Defensor Público.

A estimativa é de que atualmente sejam emitidos 3 bilhões de boletos bancários por ano, que com o início do DDA este número deverá ter redução de 50% nos próximos cinco anos. (Com informações da assessoria de imprensa)

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário