A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

17/03/2009 12:03

Dengue tipo 1 volta a MS, atingindo Corumbá via Bolívia

Redação

O vírus da dengue tipo 1, que há dez anos não era detectado no Estado, foi encontrado em Corumbá e, segundo o resultado do isolamento viral, feito pelo Lacen (Laboratório Central de Campo Grande), o vírus veio da Bolívia.

A confirmação foi feita esta semana pela secretária estadual de Saúde, Beatriz Dobashi, que encaminhou um ofício à prefeitura de Corumbá.

Segundo Fernando Llamos, responsável pelo Opas (Programa de Dengue da Organização Pan-Americana de Saúde) para o Mercosul, o vírus é semelhante ao que circula na Bolívia.

Viviane Ametla, gerente se vigilância em saúde de Corumbá, disse que já suspeitava que o vírus tinha vindo através país vizinho. "Precisávamos da comprovação técnica o que aconteceu agora", disse.

Combate - No ano passado a principal preocupação da Secretaria de Saúde de Corumbá era com relação à dengue tipo 4, que avança pelo Caribe, América Central e já chegou ao Peru, país que também faz fronteira com a Bolívia.

Para prevenir a propagação da doença, Viviane reforça a necessidade da população se "engajar" nas ações permanentes que a prefeitura desenvolve na cidade.

"Ainda estamos encontrando problemas. Há imóveis que apresentam criadouros do mosquito que devem ser eliminados. No entanto, o morador fica sempre aguardando que a prefeitura faça o trabalho, quando na realidade, ele deve se unir e fazer a sua parte", comentou.

Para agilizar o combate ao mosquito transmissor da dengue, a prefeitura de Corumbá recebeu mais um carro para pulverizar veneno. Os trabalhos também serão estendidos para os municípios vizinhos de Ladário e Puerto Suarez (Bolívia).

Até amanhã, técnicos em saúde pública se somaram aos esforços visando à eliminação dos focos e conscientização da população. Mesmo os imóveis abandonados serão "investigados" pelas equipes, inclusive com notificações aos proprietários que podem resultar em multas, conforme a legislação municipal.

Além das ações de campo, a Secretaria de Saúde está com o disque dengue através do 0800 647 2255, para atender a população, inclusive em casos de denúncias.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions