A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

30/07/2009 11:41

Deputado contra redução de jornada será alvo de campanha

Redação

Os sindicatos vão fazer campanha contra os deputados e senadores que não votarem a favor da proposta para reduzir a jornada de trabalho semanal de 44 para 40 horas semanais. Eles querem a redução do tempo de trabalho sem corte nos salários e aumento do adicional da hora extra de 50% para 75%.

Sindicatos filiados à Força Sindical vão fazer campanha contra os "inimigos" da classe. "Esperamos que nossos deputados federais e senadores acatem esse pedido que é da vontade de todo trabalhador brasileiro e que conta com um número cada vez maior de autoridades, pois entendem que é um meio eficiente de aumentar as ofertas de emprego", afirmou o presidente do entidade no Estado, ILdemar da Mota Lima.

Cerca de 120 sindicalistas sul-mato-grossenses participam do 6º Congresso Nacional da Força Sindical em Praia Grande (SP). A campanha pela redução da jornada tem a adesão da CUT (Central

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions