A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

09/02/2010 14:37

Detento que fugiu é o envolvido em escândalo na Máxima

Redação

O detento que conseguiu fugir do Hospital Regional há pouco é Aelinton Amaro Pinto, de 27 anos, conhecido como "Playboy" e apontado como um dos líderes do PCC (Primeiro Comando da Capital) em Campo Grande.

Na semana passada, ele foi alvo de um escândalo e acabou no isolamento ao ser flagrado com a mão em um dos seios de sua advogada, por meio de um buraco aberto na grade da sala de atendimento do Presídio de Segurança Máxima.

O outro preso que estava junto no momento da fuga ainda não foi identificado.

Segundo a Polícia Militar, Aelinton fingiu ter passado mal e conseguiu ser levado para o hospital Regional para exames.

No saguão do HR, na saída para Sidrolândia, ele rendeu o policial que fazia a escolta e pegou a arma dele.

Depois roubou um Corsa no estacionamento e fugiu com outro preso. Eles agrediram o motorista para roubar o carro.

O veículo foi abandonado no bairro Aero Rancho, onde os fugitivos roubaram um Uno e seguiram em fuga.

As buscas aos presos são comandadas pela Força Tática do 10º Batalhão, com o apoio de equipes do Garras (Grupo Armado de Repressão a Roubos, Assaltos e Sequestros) e Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais).

Depois que o caso na Máxima veio à tona, dois agentes que flagraram o detento com a advogada registaram boletim de ocorrência por ameaça, pois Playboy disse a eles que tinha dinheiro para prejudicar os dois e as suas famílias.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions