A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

22/03/2011 17:22

Dilma lança programas de combate ao câncer e anuncia que vai viajar pelo país

Yara Aquino, da Agência Brasil

A presidente Dilma Rousseff lançou hoje (22), em Manaus, os programas de combate ao câncer de mama e de colo de útero, por meio dos quais o governo investirá cerca de R$ 1,25 bilhão para desenvolver ações entre 2011 e 2014. Durante a cerimônia no Amazonas, ela afirmou que, a partir de agora, começará a viajar pelo país para fazer o lançamento dos programas governamentais. “O Brasil não está em Brasília. Está nas 27 unidades da Federação.”, destacou Dilma.

De acordo com a presidente, as mulheres brasileiras devem ter a mesma oportunidade que ela teve para fazer o diagnóstico precoce e o tratamento adequado do câncer. “Sou uma beneficiada pela prevenção. Tive câncer e, por ter sido detectado no princípio, houve a possibilidade de cura. Quero que todas as mulheres tenham a mesma oportunidade.”

O Programa Nacional de Controle do Câncer de Mama terá investimento de R$ 867,3 milhões. Um dos seus objetivos é garantir a ampliação do acesso aos exames de diagnóstico do câncer de mama a todas as mulheres, tendo como público-alvo aquelas com idade entre 50 e 69 anos.

O câncer de mama é o que mais causa morte entre a população feminina, segundo dados do Ministério da Saúde. Além de expandir a cobertura de mamografia, o programa buscará aumentar a proporção de mulheres diagnosticadas com câncer que começam o tratamento em, no máximo, 60 dias. O governo vai ampliar 50 centros de referência para confirmação do diagnóstico, com investimentos de cerca de R$ 81,2 milhões nos próximos quatro anos.

Ao falar sobre os centros de referência, Dilma convocou os governadores e os prefeitos para trabalhar com o governo federal, a fim de garantir que os serviços sejam prestados de maneira eficiente. “Fazer o centro de referência é muito importante. Sabemos que o sistema [público de saúde] tem falhas e a minha função e dos meus ministros é detectá-las e estar atentos a elas. É nossa responsabilidade e quero a parceria com os governos dos estados e municípios para cumpri-la”.

O Programa Nacional de Controle do Câncer de Colo do Útero terá à disposição R$ 382,4 milhões . Ele visa a ampliar a oferta de ações de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de colo do útero. Este tipo de câncer está em quarto lugar entre os que mais matam as mulheres.

A ampliação da rede especializada, o aumento no controle de qualidade dos exames nos laboratórios, a capacitação profissional e os serviços de saúde de referência para o diagnóstico e tratamento das lesões precursoras, aquelas que evoluem para o câncer, estão entre as ações previstas pelo programa. O governo também vai estabelecer linhas de financiamento para estruturação de laboratórios nas regiões Nordeste e Norte.

Primeiro de 3 sorteios da Mega na semana acumula em R$ 7,5 milhões
O primeiro dos três sorteios da "Mega Semana dos Pais" realizado nesta terça-feira (14) em Coribe, na Bahia, acumulou. O próximo acontece na quinta-f...
Câmara aprova texto que permite à polícia agir para proteger mulheres
A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (14) uma proposta que autoriza, em caráter emergencial, delegados e policiais a decidir sobre medida...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions