A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

13/05/2010 14:33

Diretor diz que "obreiro" da Universal é bom aluno

Redação

Na escola Estadual Joaquim Murtinho, onde estuda o adolescente que hoje dedica a vida à Igreja Universal do Reino de Deus, a imagem do garoto é de um bom aluno.

O menino estudou em 2008 na escola, saiu no ano passado, mas retornou em 2010. Na sala do diretor, ao responder questionamento do Campo Grande News, ele apenas responde que também freqüentou as aulas regularmente no ano passado, mas não diz em que local.

Como é menor de idade, a direção não permite maiores comentários do menino á reportagem, o interlocutor é o direto Dulcílio Nobre, que também prefere não dar maiores informações sobre o menino.

Por volta das 15 horas, quando soube da confusão em frente a Igreja Universal, o garoto de 17 anos , motivo do tumulto na sede da Igreja nesta tarde, pediu ao diretor para sair mais cedo. "Ligamos para a mãe e ela disse para não liberar", informa Dulcílio.

O garoto foi avisado via celular, de que a mãe havia se acorrentado ao portão principal do prédio.

Segundo o diretor, "ele é um aluno sem problemas aparentes, disciplinarmente sem nenhum motivo de reclamação", avalia.

O garoto é filho da pensionista Sueli Ferreira de Moura, que decidiu se acorrentar na tarde de hoje ao portão da Universal, em protesto pela "escravidão" do filho.

Pastores estão reunidos neste momento para discutir o caso.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions