A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/03/2009 17:26

Diretores afastados da Santa Casa convocam reunião

Redação

Membros da Associação Beneficente de Campo Grande convocaram reunião para a próxima terça-feira quando vão discutir a indicação do ex-reitor da Uniderp, Pedro Chaves, para assumir como interventor na direção da Santa Casa.

A diretoria da Associação, afastada desde 2005 por conta de intervenção judicial, reclama da indicação feita pela prefeitura, principalmente porque Chaves não é sócio da entidade beneficente.

"A notícia vem causando mal-estar. O constrangimento maior para os associados é que existe uma Diretoria eleita, que foi afastada pela Justiça provisoriamente por um ano, prazo que já venceu no dia 20 de dezembro, e que aguarda a decisão judicial prestes a ser proferida para assumir a direção do Hospital", diz o presidente da Associação Esacheu do Nascimento.

A justificativa para o encontro é a cobrança dos associados. "Estão cobrando da Diretoria uma atitude enérgica, porque "fica-se com a impressão de que tudo isso, antes mesmo da sentença, já está previamente acertado" e que a Associação, enquanto espera a Justiça, já está sendo verdadeiramente dissolvida, o que não é verdade", reclama Esacheu.

A Santa Casa, teoricamente, está sem direção há mais de 2 meses.

O juiz Dorival Moreira dos Santos é responsável pela decisão sobre o futuro da intervenção, que teve prorrogação pedida pela prefeitura.

O juiz negou pedido para alteração imediata dos representantes da prefeitura na Junta Interventora que administra a Santa Casa.

A intenção era garantir já a substituição do atual presidente, Rubens Trombini, e do diretor administrativo Natalício de Almeida, pelo diretor-executivo da Secretaria Municipal de Saúde, Salim Chead e pelo o ex-reitor da Uniderp, Pedro Chaves, respectivamente.

O juiz esclarece que a questão refere-se ao mérito da causa, que é o pedido de prorrogação da intervenção no hospital.

Na verdade, não houve uma rejeição aos novos nomes, mas ao deixar de se pronunciar sobre o assunto, o juiz impede que os dois assumam as funções na Santa Casa.

"Será decidido em tempo oportuno", esclareceu o magistrado que deve proferir decisão até o final do mês.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions