A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Abril de 2018

22/10/2017 22:36

Dois empregadores do MS estão em 'lista suja do trabalho escravo'

Nyelder Rodrigues

Dois empregadores de Mato Grosso do Sul constam na lista de empregadores que foram atuados por manterem funcionários em condições consideradas análogas à escravidão. As empresas locais listadas ficam em Dourados e Aquidauana.

A lista do Ministério do Trabalho foi divulgada nesta noite de domingo (22) pelo programa Fantástico, da TV Globo. Ao todo, são 132 empresas registradas na lista, a maior parte delas ligadas a atividades rurais.

A divulgação acontece em meio à polêmica sobre a portaria federal que traz mudanças na fiscalização do trabalho escravo e que submete a publicação da lista ao ministro do Trabalho - antes, era feito pela área técnica do Ministério.

Na última edição lançada, apenas uma empresa de Mato Grosso do Sul constava na lista suja, a Fazenda Santo Antônio, em Dourados. Ela voltou a aparecer nesta nova lista, mas agora ao lado da Fazenda São Luís, em Aquidauana.

Consta como empregador na Santo Antônio a empresa Prestadora de Serviços e Comércio de Madeiras Benites, em caso envolvendo quatro trabalhadores, enquanto que na fazenda São Luís, o empregador é Edvaldo Zagatto e o caso envolve seis empregados.

Ministra diz que portaria sobre trabalho escravo destrói Lei Áurea
  A ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, afirmou que a portaria do Ministério do Trabalho que altera a conceituação de trabalho escravo e...
MPF e MPT recomendam revogação de portaria que muda regras do trabalho escravo
O Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público Federal (MPF) recomendaram ao Ministério do Trabalho que revogue a Portaria 1.129, publ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions