A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/09/2009 20:15

Dois foram presos após render família no Buriti

Redação

Dois rapazes foram presos após terem invadido uma residência e rendido uma família, no início da noite desta quinta-feira, no bairro Buriti, em Campo Grande.

De acordo com a PM (Polícia Militar), Everton Borges da Silva, 19 anos, e Jean Paulo Vieira, 20 anos, foram presos com três armas de fogo, quando se escondiam no quintal de uma residência vizinha a da invadida.

Everton e Jean invadiram a casa de um autônomo de 51 anos, que por questões de segurança, preferiu não se identificar. Ele contou que havia saído de casa para ir ao açougue e ao retornar, foi rendido pelos bandidos.

Os assaltantes já tinham rendido a esposa dele e o filho. Logo depois do autônomo, chegaram à residência dois sobrinhos dele, que também foram rendidos. "Colocaram nós cinco trancados em um dos quartos", conta a vítima.

Segundo o autônomo, os dois assaltantes reviraram toda a casa em busca de um cofre, que a família não tem. Ele diz que os dois bandidos eram orientados por uma terceira pessoa por telefone e sabiam os nomes de vários familiares da vítima. "Ele sabiam até o nome da minha filha que é casada. Tinham a ficha todinha".

Quando os bandidos amarravam as vítimas com gravatas, sirenes da Polícia foram ouvidas e então eles fugiram levando uma arma de fogo do autônomo. Os assaltantes pularam muros e foram parar em uma casa atrás da rua Antônio Bandeira, onde fica a residência invadida.

Os dois bandidos foram então presos pela Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais). O autônomo acredita que a família dele poderia ser morta porque os assaltantes não acharam nenhum cofre. "Eles não acharam o que queriam. Graças a Deus a PM, a Cigcoe, chegou. Salvou nossa vida".

A vítima relata que foram cerca de 40 minutos de desespero, até a Polícia chegar. Essa foi a primeira vez que ele é vítima de assalto. "E espero que seja a última". O homem teme pela vida dele e de familiares porque acredita que há uma terceira pessoa envolvida no assalto.

O filho dele foi ferido na cabeça com coronhadas e encaminhado ao posto de saúde do bairro Guanandy. O estado de saúde dele não é grave.

Um dos vizinhos da residência invadida conta que um outro morador estranhou a movimentação na casa e acionou a Polícia. "A Polícia chegou rápido", conta ele, que mora há 25 anos no Buriti e prefere não se identificar.

Ele diz que nos últimos anos tem crescido a violência na região. "Ano passado atiraram em um rapaz e levaram a moto dele".

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions