A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

01/03/2012 23:28

Em avaliação de 0 a 10, MS recebe 5,64 no índice de desempenho do SUS

Elverson Cardozo

Campo Grande obteve 6,0. Região Centro-Oeste foi uma das que recebeu menor pontuação (5,26)

Levantamento do Ministério da Sáude, lançado nesta quinta-feira (1), aponta que Mato Grosso do Sul obteve 5,64 no IDSUS 2012 (Índice de Desempenho do Sistema Único de Saúde). Já a Capital obteve 6,00. Avaliação é de 0 a 10.

A ferramenta estuda o acesso e a qualidade dos serviços e a infra-estrutura de saúde no país. O levantamento foi feito entre 2008 e 2010 nos diferentes níveis de atenção à saúde – básica, especializada, ambulatorial e hospitalar e de urgência e emergência.

Outras regiões - Região Sul teve pontuação de 6,12, seguida da Sudeste com (5,56), Nordeste (5,28), Centro-Oeste (5,26) e Norte (4,67). Estados da Região Sul foram os que obtiveram índices mais altos. Santa Catarina com 6,29, seguida de Paraná (6,23) e Rio Grande do Sul (5,90).

Na sequência vêm Minas Gerais (5,87), Espírito Santo (5,79). As menores pontuações são do Pará (4,17), Rondônia (4,49) e Rio de Janeiro (4,58).

Já em nível nacional, o índice brasileiro equivale a 5,47.

Índice - Com pontuação que vai de 0 a 10, o índice avalia municípios, regiões e estados com base na informação de acesso. Essas informações mostram como está a oferta de ações e serviços públicos na área da saúde e também revelam a efetividade e o desempenho do SUS.

De acordo com o Ministério da Saúde, o IDSUS é formado por seis grupos homogêneos e leva em consideração a análise de três itens: IDS (Índice de Desenvolvimento Socioeconômico), ICS (de Condições de Saúde) e IESSM (Índice de Estrutura do Sistema de Saúde do Município).

Os grupos são formados por municípios que apresentam melhor infra-estrutura e condições de atendimento à população; grupos que tem pouca estrutura de média e alta complexidade e os que apresentam estrutura para atendimentos especializados.

IDSUS - Resultado do cruzamento de 24 indicadores, o IDSUS avalia a capacidade do sistema de saúde em garantir cuidado necessário à população, com recursos adequados e em tempo oportuno. Dos índices, 14 avaliam o acesso e outros 10 medem a efetividade do serviço.

Levantamento de dados para divulgação do IDUS será realizado a cada três anos. De acordo com o Ministério da Saúde, da idealização à finalização, o IDSUS foi construído com a participação de governos, técnicos, acadêmicos e o Conselho Nacional de Saúde, que aprovou o relatório.

MEC quer programa para ocupar vagas ociosas em universidades públicas
O Ministério da Educação (MEC) estuda criar ainda este ano uma nova modalidade do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), chamada Sisu Transferência, vo...
Mega-Sena acumula de novo e prêmio para sábado vale R$ 22 milhões
O segundo sorteio da Mega-Sena, desta semana que terão três, mais uma vez, voltou acumular, devido a falta de acertadores no prêmio principal. O sort...


Sem contar que a fila para cadastramento do SUS e enorme voce tem que madrugar para pegar a senha, e ficar o dia inteiro para ser atendido e uma vergonha....
 
maria amelia em 02/03/2012 09:59:00
E o mais incrivel é que muita gente no Brasil ainda tá comemorando essa nota ridícula! Com o tantos impostos que nós temos que pagar, essa nota deveria ser no mínimo DEZ! Seria cômico se não fosse trágico!
 
Fernando Boretti em 02/03/2012 08:34:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions