A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

01/03/2012 23:28

Em avaliação de 0 a 10, MS recebe 5,64 no índice de desempenho do SUS

Elverson Cardozo

Campo Grande obteve 6,0. Região Centro-Oeste foi uma das que recebeu menor pontuação (5,26)

Levantamento do Ministério da Sáude, lançado nesta quinta-feira (1), aponta que Mato Grosso do Sul obteve 5,64 no IDSUS 2012 (Índice de Desempenho do Sistema Único de Saúde). Já a Capital obteve 6,00. Avaliação é de 0 a 10.

A ferramenta estuda o acesso e a qualidade dos serviços e a infra-estrutura de saúde no país. O levantamento foi feito entre 2008 e 2010 nos diferentes níveis de atenção à saúde – básica, especializada, ambulatorial e hospitalar e de urgência e emergência.

Outras regiões - Região Sul teve pontuação de 6,12, seguida da Sudeste com (5,56), Nordeste (5,28), Centro-Oeste (5,26) e Norte (4,67). Estados da Região Sul foram os que obtiveram índices mais altos. Santa Catarina com 6,29, seguida de Paraná (6,23) e Rio Grande do Sul (5,90).

Na sequência vêm Minas Gerais (5,87), Espírito Santo (5,79). As menores pontuações são do Pará (4,17), Rondônia (4,49) e Rio de Janeiro (4,58).

Já em nível nacional, o índice brasileiro equivale a 5,47.

Índice - Com pontuação que vai de 0 a 10, o índice avalia municípios, regiões e estados com base na informação de acesso. Essas informações mostram como está a oferta de ações e serviços públicos na área da saúde e também revelam a efetividade e o desempenho do SUS.

De acordo com o Ministério da Saúde, o IDSUS é formado por seis grupos homogêneos e leva em consideração a análise de três itens: IDS (Índice de Desenvolvimento Socioeconômico), ICS (de Condições de Saúde) e IESSM (Índice de Estrutura do Sistema de Saúde do Município).

Os grupos são formados por municípios que apresentam melhor infra-estrutura e condições de atendimento à população; grupos que tem pouca estrutura de média e alta complexidade e os que apresentam estrutura para atendimentos especializados.

IDSUS - Resultado do cruzamento de 24 indicadores, o IDSUS avalia a capacidade do sistema de saúde em garantir cuidado necessário à população, com recursos adequados e em tempo oportuno. Dos índices, 14 avaliam o acesso e outros 10 medem a efetividade do serviço.

Levantamento de dados para divulgação do IDUS será realizado a cada três anos. De acordo com o Ministério da Saúde, da idealização à finalização, o IDSUS foi construído com a participação de governos, técnicos, acadêmicos e o Conselho Nacional de Saúde, que aprovou o relatório.

Carro roubado no Rio de Janeiro é recuperado em estrada rumo ao Paraguai
Um automóvel recentemente roubado no Rio de Janeiro foi recuperado por policiais militares em uma estrada vicinal de Japorã –a 487 km de Campo Grande...
Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...


Sem contar que a fila para cadastramento do SUS e enorme voce tem que madrugar para pegar a senha, e ficar o dia inteiro para ser atendido e uma vergonha....
 
maria amelia em 02/03/2012 09:59:00
E o mais incrivel é que muita gente no Brasil ainda tá comemorando essa nota ridícula! Com o tantos impostos que nós temos que pagar, essa nota deveria ser no mínimo DEZ! Seria cômico se não fosse trágico!
 
Fernando Boretti em 02/03/2012 08:34:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions