ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEXTA  18    CAMPO GRANDE 26º

Cidades

Em caso de superlotação, HR manda pacientes a São Julião

Por Redação | 17/06/2010 18:14

A assessoria de comunicação da SES (Secretaria de Estado de Saúde) entrou em contato com o Campo Grande News e informou que, em casos de superlotação no HR (Hospital Regional), 20 leitos de apoio são disponibilizados no Hospital São Julião.

Diante de reclamação do Siems (Sindicato dos Trabalhadores na área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul), de que o HR enfrenta situação de caos com superlotação, a SES disse que o quadro é de lotação e mesmo com pacientes em macas nos corredores, o atendimento no local é feito de forma humanizada.

Conforme a presidente do Siems, Helena Delgado, as salas onde deveriam ser atendidas urgências e emergências estão lotadas de macas. A sindicalista relatou que não existe espaço nem para os enfermeiros se movimentarem adequadamente.

Um enfermeiro que trabalha no HR e não quis se identificar informou que, ontem, até a hora do almoço, havia 14 pacientes na sala de emergência, que tem capacidade para seis. Ele contou ao Campo Grande News que no local faltam equipamentos simples como aparelhos de medir a pressão arterial.

A SES ainda frisou que o HR tem capacidade para 300 leitos e que os 20 do São Julião estão ocupados.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário