A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Março de 2017

23/11/2016 18:11

Em convênio com Espanha, instituto da Capital qualifica juízes e promotores

Paulo Nonato de Souza

A defesa de tese de Mestrado de dez alunos, dos quais sete juízes e três promotores, marcou nesta quarta-feira (23) o encerramento do ciclo 2016 do Instituto de Direito e História de Campo Grande, instituição que mantém convênio com a Universidade de Girona, na Espanha, e PUC (Pontifícia Universidade Católica), do Rio de Janeiro.

Com aulas presenciais, o curso de duração de dois anos tem professores espanhóis, italianos, argentinos e chilenos, todos convidados. A tese é defendida por videoconferência, sendo um professor orientador da turma no local, e outros dois professores na banca em Girona, conforme explica Euclides Bezerra, assessor do diretor-presidente do Instituto, Celso Panoff Philbois.

O instituto dispõe de dois cursos de Mestrado – “Garantismo e Processo Penal” e “Fundamentos da Responsabilidade Penal” -, um de Extensão – “Novo Código de Processo Civil – Análise Comparativa com o Código de Processo Civil de 1973”- e um de Especialização – “Direito Administrativo Econômico”.

“No nosso Instituto o cidadão ou cidadã pode fazer seu curso de mestrado sem precisar deixar sua atividade nem sair da cidade. Pode fazer o curso aqui mesmo. O número de juízes que tem feito a defesa de Mestrado em direito aqui é maior do que de advogados”, ressalta Euclides Bezerra.

Acumulada, Mega-Sena fará sorteio de prêmio estimado em R$ 16 milhões
Acontece neste sábado (25) o sorteio de R$ 16 milhões, prêmio estimado da Mega-Sena acumulada no concurso 1.915, que acontecerá em Teodoro Sampaio (S...
Leilão judicial de 83 veículos acontece na próxima quarta-feira
Vai até a próxima quarta-feira (29), às 17h, o prazo para realizar lances no leilão de 83 veículos feito pelo TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Gros...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions