A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

07/06/2016 19:07

Em reunião com ministro, Reinaldo apresenta demandas para a Educação

Michel Faustino
Governador Reinaldo Azambuja (PSDB), em reunião com o ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho. (Foto: Divulgação)Governador Reinaldo Azambuja (PSDB), em reunião com o ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho. (Foto: Divulgação)

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), esteve reunido nesta terça-feira (7) com o ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho, em Brasília. Durante o encontro, o governador apresentou demandas para a melhoria da qualidade da educação em nosso Estado e o cumprimento das metas do PEE (Plano Estadual de Educação).

Reinaldo também solicitou ao ministro apoio para que o estado possa fornecer a formação continuada de 26 mil profissionais da educação de Mato Grosso do Sul, ampliar e reformar as unidades escolares e garantir a viabilidade do transporte escolar.

Segundo o governador, a parceria entre o MEC (Ministério da Educação ) e o Governo do Estado, é necessária para que as práticas pedagógicas desenvolvidas sejam inovadoras e tenham sempre como foco a aprendizagem dos alunos.
Foram apresentadas duas demandas ao ministério. A primeira trata da formação continuada oferecida aos profissionais da educação: docentes da Educação Básica, do EJA (Educação para Jovens e Adultos), da Educação Especial, das escolas indígenas e quilombolas e funcionários administrativos.

A proposta é possibilitar a formação continuada aos profissionais com foco nas práticas e metodologias inovadoras; resultados de avaliação e indicadores; projeto político-pedagógico e plano de ações; atendimento especializado; direitos humanos; prevenção de doenças; combate ao alcoolismo e ao uso de drogas; promoção de saúde e outros.

A segunda demanda consiste na garantia do acesso à educação aos alunos da REE (Rede Estadual de Ensino) por meio de três ações: reforma geral de 70 escolas que estão em condições ruins de uso, garantindo assim ambientes acessíveis e preparados para o atendimento ao aluno; ampliação de 81 escolas, com construção de bibliotecas, salas de tecnologia, refeitórios salas de aula, cozinhas, auditórios e outros ambientes; e repasse complementar para o transporte escolar, uma vez que as chuvas intensas iniciadas em dezembro de 2015 deixaram muitas estradas sul-mato-grossenses intransitáveis.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions