A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

30/04/2017 17:17

Em treinamento com drone, policiais monitoram torcida no Morenão

Corporação estuda alugar ou comprar equipamento para auxiliar nas operações

Anahi Zurutuza e Amanda Bogo
Drone sobrevoa a torcida no Morenão (Foto: Alcides Neto)Drone sobrevoa a torcida no Morenão (Foto: Alcides Neto)

Policiais militares estão recebendo instruções para usarem drones equipados com câmeras no auxílio em operações e no trabalho de segurança em eventos e estádios. Neste domingo (30), o Morenão foi o campo de treinamento.

PMs monitoraram as torcidas durante a partida entre o Novo e o Corumbaense pelo campeonato estadual de futebol.

De acordo com Gilmar Valiente Siqueira, representante da Drone Storm e responsável pela capacitação, na tarde de hoje, policiais aprenderam a manipular um Phanton 4, que tem capacidade para 30 minutos de voo, sobe até 500 metros e pode ir a um raio de até 5 km de distância. “Outros forças policiais já utilizam nossos equipamentos. Eles ajudam muito no trabalho”.

O coronel do Batalhão de Choque, Marcos Paulo Gimenez, responsável pela segurança durante o jogo, explicou que no estádio, o uso do drone inibe agressões e no caso de brigas generalizadas ou outras ocorrências, as imagens auxiliam na identificação dos envolvidos. “A imagens são em tempo real, ajuda muito para a gente identificar os baderneiros, passar para o efetivo, que vai até o local fazer a contenção”.

Na tarde de hoje, entretanto, não foram registradas ocorrências.

O comandante revelou ainda que a PM estuda se alugará os equipamentos para operações ou se a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) vai comprar um drone.

A empresa que ofereceu o treinamento trabalha com o aluguel dos equipamentos, mas por enquanto, o trabalho é feito apenas por meio de parceria, sem ônus para a corporação. O Phanton 4 custa R$ 5,5 mil.

Público – Na sexta-feira, durante os protestos de rua contra as reformas trabalhista e da Previdência Social, a PM usou um drone emprestado para fazer o cálculo do número de manifestantes. A polícia divulgou que havia 10 mil pessoas na rua, enquanto organizadores falaram em “mais de 50 mil” e alguns dirigentes sindicais em “70 mil”.

Drone é capaz de voar até 500 metros de altura (Foto: Alcides Neto)Drone é capaz de voar até 500 metros de altura (Foto: Alcides Neto)
Equipamento que filma em tempo real e tela (Foto: Alcides Neto)Equipamento que filma em tempo real e tela (Foto: Alcides Neto)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions