A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 25 de Maio de 2017

04/04/2013 19:26

Apesar de valorização, salário de pedreiro em MS é menor que média nacional

Nícholas Vasconcelos
Salário de pedreiro em MS é de R$ 960, abaixo da média nacional. (Foto: Vanderlei Aparecido)Salário de pedreiro em MS é de R$ 960, abaixo da média nacional. (Foto: Vanderlei Aparecido)

Apesar da valorização registrada nos últimos anos pela categoria, o salário de pedreiro em Mato Grosso do Sul é menor que a média nacional. No Estado, a média salarial é de R$ 960 para pedreiro, R$ 734 para servente de pedreiro, R$ 1.398 soldador e o mestre de obras recebe R$ 2.377.

Os valores foram revelados pelo levantamento da Fenatracop (Federação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Pesada), com base na Rais (Relação Anual de Informações Sociais) e do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados).

De acordo com a pesquisa, o Estado só é destaque positivo na categoria dos serventes de pedreiro. Os que atuam em MS recebem o sétimo melhor salário do país, acima da média nacional de R$ 699.

No Centro-Oeste, o salário dos serventes que atuam em Mato Grosso do Sul é o maior dos três estados, Distrito Federal e Tocantins, que embora seja da Norte foi incluído na outra região. Goiás tem o menor salário com R$ 669.

Entre os pedreiros, a média salarial sul-mato-grossense fica abaixo do total nacional. O Rio de Janeiro tem a melhor remuneração, com pagamento de R$ 1.217. Na comparação com o a região, o pedreiro recebe nas obras de MS o segundo pior salário e só fica acima do que é pago aos goianos.

Segundo a Federação, em 90% das negociações pelo Brasil os reajustes aplicados foram acima das perdas da inflação e os pisos tiveram reajustes acima dos índices gerais que foram negociados com os empregadores. A reivindicação é por uma data base unificada, para que consigam aumentar o poder de mobilização.

Os mestres de obras ganham R$ 2.195,67 nas construções no Estado. Esta remuneração é acima da média nacional, pouco acima dos R$ 1.980, mas fica abaixo da média que é paga no Centro-Oeste. No entanto, o salário de MS ainda é mais alto que a remuneração em Goiás e Tocantins.

Já entre os soldadores a situação é melhor, já que aqui o pagamento é de R$ 1.715,25, o que é o melhor do Centro-Oeste. A remuneração fica acima da regional e também da nacional, já que a média no restante do Brasil é de R$ 1.519.

 

 

Evento no sábado terá 400 vagas de emprego e 1,7 mil em capacitações
No próximo sábado (27) serão oferecidas 400 vagas para emprego e estágio, além de 1,7 mil em cursos de qualificação gratuitos durante o Uniderp Conec...
Universidade vai oferecer vagas de emprego e cursos gratuitos no sábado
A universidade Uniderp vai oferecer vagas de emprego e estágio além de minicursos gratuitos para os interessados. A ação acontece no próximo sábado (...
IBGE prorroga inscrições de processo seletivo para censo agropecuário
O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), prorrogou as inscrições até às 12h do dia 26 de maio, próxima sexta-feira, para o processo ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions