A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 26 de Fevereiro de 2017

25/11/2011 10:47

Concurso para professor da rede estadual teve 21 questões anuladas

Marta Ferreira

O concurso com 550 vagas para professor realizado pela Secretaria de Administração de Mato Grosso do Sul teve 21 questões da prova objetiva anuladas, em resposta a recursos protocolados pelos candidatos.

O gabarito definitivo foi publicado hoje. O concurso, realizado no dia 13 de novembro, teve tumulto, após candidatos não conseguirem entrar num dos locais de prova, a Universidade Católica Dom Bosco, por causa das dificuldades de acesso ao local.

De acordo com o edital, os candidatos não poderão mais interpor recursos referentes ao gabarito oficial. Os pontos das questões anuladas serão atribuídos a todos os candidatos que prestaram a referida prova.

O Diário Oficial também traz o resultados dos recursos deferidos e indeferidos, de acordo com a análise e decisão dos profissionais responsáveis pela elaboração da prova escrita objetiva do concurso.

Os editais estão disponíveis no site www.imprensaoficial.ms.gov.br .

As vagas em disputa são em 13 áreas, para preencher vagas em 70 dos 78 municípios do Estado. Os aprovados terão jornada de trabalho de 20h, com salário-base de R$ 994,44 e incentivo financeiro de R$ 397,78.Os professores poderão atuar tanto no Ensino Médio quanto Fundamental.

UEMS abre vaga para aluno especial em mestrado na área da saúde
A UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) abriu inscrição de Alunos Especiais no programa de mestrado em ensino em saúde em Dourados- cida...
Encerram no dia 3 de março inscrições da CEF para contratar estagiários
A Caixa Econômica Federal está com inscrições abertas para profissionais com nível superior e também para alunos que tenham o ensino médio. Os intere...
Processo de seleção para estágio na Embrapa Agropecuária Oeste termina terça
A Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) Agropecuária Oeste está com processo seletivo aberto para contratação de estagiários até terç...
Tribunal de Contas abre em março seleção para 44 vagas de estágio
O TCE/MS (Tribunal de Contas) recebe a partir do dia 6 de março as inscrições para seleção de estagiários. O prazo termina em 20 de março. São oferec...



Simplesmente vergonhoso. A empresa contratada certamente ganhou um bom dinheiro para elaborar essas provas para "brincar" com a busca e expectativa de milhares de candidatos que investiram e se prepararam para a realização da prova. O governo do Estado precisa urgentemente repensar isso. E será que esse pessoal foi crítico severo em relação ao ocorrido com o ENEM ?
 
Álvaro José em 25/11/2011 11:52:39
Esse concurso teve a prova mais incoerente que eu já tive conhecimento. Os inscritos gastaram dinheiro para se submeterem a uma prova mal elaborada, em que as questões de atualidades priorizou conhecimentos da área de economia e não necessariamente assuntos voltados para o conhecimento relevantes para a área de educação. E, infelizmente não foi anulada nenhuma questão da prova de atualidades.
 
Lincoln Ohara Jr. em 25/11/2011 11:18:34
Gente que absurdo, que falta de competencia, 21 questões anuladas?! É demais da conta... pq não entrega esses concursos do Estado para a FCC, CESPE ou CESGRANRIO?! Pelo menos elas tem muito mais competencia na realização dos seus concursos... fala sério!
 
Ana Cristina Piccini em 25/11/2011 10:57:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions