ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 29º

Empregos

Em busca do 1º emprego, Willian chega 3 horas antes a feirão de vagas

Por cerca de duas horas, ele foi o único em frente do prédio da CDL, onde hoje acontecem contratações

Por Anahi Zurutuza e Bruna Marques | 20/10/2020 07:59
Mais cedo, frente do prédio da CDL estava vazio; feirão estava marcado para começar às 8h (Foto: Henrique Kawaminami)
Mais cedo, frente do prédio da CDL estava vazio; feirão estava marcado para começar às 8h (Foto: Henrique Kawaminami)

Na esperança de ter carteira assinada pela 1º vez, Willian Henrique da Silva Vieira, de 25 anos, foi o primeiro a chegar para o Feirão de Empregos da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas). Por cerca de duas horas, ele foi o único em frente do prédio da entidade que representa comerciantes, no Bairro Monte Líbano, em Campo Grande.

Willian chegou à 5h30. Ele diz que queria ser o primeiro da fila, na tentativa de garantir uma vaga. O rapaz conta que nunca trabalhou com carteira assinada e desde 2017, está em busca de emprego fixo.

Enquanto isso, vai se virando no mercado informal. Willian mora no Bairro Buriti, com a mãe e dois irmãos, e espera conseguir trabalho para melhorar a renda da família.

Tímido, ele pediu que não fosse fotografado, mas diz estar pronto para qualquer emprego. “Tenho uma boa expectativa, acredito que vou conseguir e espero que todos que venham consigam”.

As vagas disponíveis são principalmente para atendentes, vendedores, consultores, repositores, secretária, administrativo e motorista. A intenção, segundo a CDL, é auxiliar os lojistas a encontrarem os melhores perfis para cada empresa. O comércio de Campo Grande está, inclusive, em fase de contratações para as festas de fim de ano.

Além de empregos, também haverá palestras gratuitas, com dicas desde como se portar durante entrevista, até como preencher o currículo.

O feirão ocorrerá no auditório da CDL, na Rua Antônio Corrêa, 417, no Monte Líbano, a partir das 8h. Os candidatos precisam levar o currículo impresso e seguir normas de biossegurança, como utilização de máscaras e medidas de distanciamento.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário